lançamentos

Coreia do Sul e EUA disparam mísseis no mar, respondendo lançamento norte-coreano

Exercício de tiro real dos aliados envolveu oito mísseis do Sistema de Mísseis Táticos do Exército - um americano e sete sul-coreanos - que foram disparados nas águas orientais da Coreia do Sul em 10 minutos

Ana Maria Miranda
Cadastrado por
Ana Maria Miranda
Publicado em 06/06/2022 às 11:31
Handout / South Korea's Joint Chiefs of Staff / AFP
Míssil é lançado pela Coreia do Sul após testes da Coreia do Norte vistos como provocações - FOTO: Handout / South Korea's Joint Chiefs of Staff / AFP
Leitura:
Do Estadão Conteúdo
 
As Forças Armadas de Estados Unidos e Coreia do Sul lançaram oito mísseis balísticos no mar nesta segunda-feira, 6, em uma demonstração de força semelhante à exibição de um míssil norte-coreano no dia anterior, que estendeu uma série provocativa em demonstrações de armas.
O exercício de tiro real dos aliados envolveu oito mísseis do Sistema de Mísseis Táticos do Exército - um americano e sete sul-coreanos - que foram disparados nas águas orientais da Coreia do Sul em 10 minutos após notificações para segurança aérea e marítima, de acordo com o Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul e Forças dos EUA Coreia.
 
Os lançamentos tiveram como objetivo demonstrar a capacidade de responder com rapidez e precisão aos ataques norte-coreanos, disseram os militares sul-coreanos.
 
Neste domingo, dia 5, militares sul-coreanos detectaram que a Coreia do Norte disparou oito mísseis de curto alcance ao longo de 35 minutos de pelo menos quatro locais diferentes, incluindo áreas costeiras ocidentais e orientais e duas áreas do interior ao norte e perto da capital, Pyongyang, no que parecia ser um recorde de um dia para os lançamentos balísticos do país.
 
Essa foi a 18ª rodada de testes de mísseis da Coreia do Norte apenas em 2022 - uma sequência que incluiu os primeiros lançamentos de mísseis balísticos intercontinentais do país em quase cinco anos. Autoridades sul-coreanas e norte-americanas também dizem que a Coreia do Norte está se preparando para realizar seu primeiro teste nuclear desde setembro de 2017, enquanto o líder Kim Jong Un pressiona uma atitude arriscada para consolidar o status do Norte como potência nuclear e negociar concessões econômicas e de segurança a partir de uma posição de força. Fonte: Associated Press.

Últimas notícias