CIDADANIA

Atitude Cidadã: Empresas se mobilizam para doar produtos de higiene e limpeza

Campanha do SJCC mostra como grandes empresas têm colaborado para que populações mais vulneráveis tenham acesso a kits de higiene e limpeza

JC
JC
Publicado em 12/05/2020 às 10:30
Notícia
Marcelo Vidal / Governo de PE
Vinte mil kits com produtos doados pela Unilever foram entregues à Central Única das Favelas de Pernambuco (Cufa) - FOTO: Marcelo Vidal / Governo de PE
Leitura:

Uma grande mobilização de empresas, sindicatos, entidades e universidades, junto ao poder público, tem garantido itens de higiene e limpeza à população mais vulnerável e às unidades de saúde durante a pandemia do novo coronavírus. Manter mãos limpas e superfícies desinfectadas é um desafio, sobretudo nas regiões mais carentes. Mas é também uma medida essencial para evitar a propagação da doença. Até ontem, Pernambuco tinha 13.768 pessoas com o novo coronavírus, com 1.087 mortes.

Em Goiana, no Grande Recife, funcionários da Fiat saíram de porta em porta, em 19 bairros, distribuindo álcool em gel e máscaras. A empresa também doou alimentos, EPIs e autoclave (equipamento para esterilização de materiais), além de estar consertando respiradores. Emprestou 39 automóveis para o governo estadual usar durante a pandemia e está bancando a instalação de um hospital de campanha em Goiana, com cem leitos. Entidades que atuam com moradores de rua receberão kits com sabonete, pasta, escova de dente e xampu.

“Estamos trabalhando em cooperação estreita com todas as esferas governamentais e parceiros, tendo como prioridade contribuir de forma efetiva nas áreas onde há maior necessidade. O momento pede união de esforços, e a Jeep faz questão de se fazer presente e atuante”, destaca o diretor de Comunicação Corporativa e Sustentabilidade para América Latina, Fernão Silveira.

Veja a lista com entidades que precisam de doações

"A lavagem das mãos tem uma importância não só na prevenção da covid-19, mas de todas as doenças infectocontagiosas e parasitárias. Nossas mãos podem ser vetores para inúmeros processos infecciosos, inúmeros parasitas. E a limpeza em geral é fundamental porque o novo coronavírus tem um poder de ficar nas superfícies por um período bem superior ao de outros vírus e bactérias. Não permanece por segundos ou minutos, mas por horas e até dias”, destaca a médica infectologista pediátrica Alexsandra Costa, também professora da UPE

KITS

A multinacional Unilever entregou ao Estado produtos de higiene pessoal, limpeza e alimentos, equivalente a 135 toneladas de itens, que somam R$ 1 milhão. Foi possível montar, conforme a Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), 20 mil kits, repassados para a Central Única das Favelas de Pernambuco (Cufa).

“A união de esforços é fundamental neste momento para proteger a saúde das pessoas. A Unilever entende o compromisso que tem com a população. Por isso, oferecemos nosso apoio e solidariedade às pessoas contra a pandemia, uma luta que é de todos nós”, diz o presidente da Unilever Brasil, Gerardo Rozanski.

ÁLCOOL

Antisséptico bastante utilizado em residências, estabelecimentos comerciais e hospitais, o álcool a 70% é uma arma poderosa nesta guerra, para que um vírus tão minúsculo não se propague facilmente. A grande procura fez com que o produto ficasse escasso.

Veja mensagem do empresário João Carlos Paes Mendonça

O Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool de Pernambuco (Sindaçúcar) convocou 11 das 12 usinas existentes no Estado para doarem o produto a creches, hospitais, prefeituras, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar. Também para as Universidades Federal de Pernambuco (UFPE) e estadual de Pernambuco (UPE).

“Foram 90 mil num primeiro momento. Agora vamos entregar mais 40 mil para a UFPE, numa parceria com o Ministério Público Federal. Doar faz bem a quem recebe, mas também ao doador. Nos sentimos muito gratificados por estarmos contribuindo para a saúde pública de nosso Estado num momento tão difícil como esse”, afirma o presidente do Sindaçúcar, Renato Cunha. A única usina que não participou não o fez porque não fabrica álcool.

O Grupo Campari também está doando álcool 70% para combater o coronavírus em Pernambuco. Por três meses, a empresa vai entregar tonéis com mil litros do produto a unidades de saúde que atendem pessoas infectadas, como o Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc) e o Hospital da Mulher. O álcool está sendo produzido na fábrica de Suape, no Cabo de Santo Agostinho, Grande Recife.

CAMPANHA

Enquanto os profissionais de saúde ficam no atendimento dos infectados com o novo coronavírus, um time importante atua na retaguarda, seja com ações de prevenção, com apoio para realização dos trabalhos ou prestando assistência aos mais carentes. Nesta quarta-feira (13), o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC) fará uma grande ação para estimular que mais cidadãos, empresários e comerciantes se juntem a esta corrente do bem. É a campanha Atitude Cidadã – Está em nossas mãos.

A iniciativa é realizada em parceria com o Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) e visa dedicar um dia inteiro para divulgação de ações sociais, a fim de motivar a sociedade civil a realizar doações. As instituições que serão beneficiadas atuam em diversas áreas e foram selecionadas a partir de uma curadoria do Instituto JCPM. Entre os exemplos estão Grupo de Apoio à Criança com Câncer, Fundação Terra, Mulheres do Bem, Unificados pela População em Situação de Rua, Instituto Materno Infantil Professor Fernando Figueira (Imip), Hospital de Câncer de Pernambuco.

A programação da Rádio Jornal, um dos veículos do SJCC, será totalmente voltada para a campanha. Quem quiser entrar em contato para saber mais detalhes da iniciativa ou para fazer doação pode ligar, amanhã, para o telefone 3413-6500, das 7h às 19h, que terá orientações de como proceder. A lista 56 entidades que precisam de ajuda pode ser acessada aqui.

Caso o doador prefira entregar a contribuição em forma de produtos, o SJCC cederá um galpão, localizado na Rua do Lima, em Santo Amaro, área central do Recife, para armazenar o material e depois direcioná-lo à entidade escolhida por quem fez a doação.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias