LOCKDOWN

Recife chegou a 66,1% de isolamento social no domingo, 2º dia de lockdown, diz MPPE; veja ranking de cidades

Já a nível estadual, em um universo de 9.557.071 habitantes, a média de isolamento foi de 49,04%

Katarina Moraes
Katarina Moraes
Publicado em 18/05/2020 às 10:59
Notícia
ARNALDO CARVALHO/JC IMAGEM
Nos principais corredores do Recife, como a Ponte Duarte Coelho, no Centro, deserto total. População, em geral, tem respeitado as regras mais rígidas de isolamento - FOTO: ARNALDO CARVALHO/JC IMAGEM
Leitura:

Segundo dia de lockdown em cinco cidades da Região Metropolitana - medidas mais severas de isolamento social para conter a disseminação do novo coronavírus -, 66,1% da população do Recife permaneceu reclusa neste domingo (17). Isto é o que diz o Painel Índice de Isolamento Social do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), feito em parceria com a empresa de tecnologia In Loco. Já a nível estadual, em um universo de 9.557.071 habitantes, a média de isolamento foi de 49,04%.

Além da capital pernambucana, que se apresenta em primeiro lugar no índice, as cidades de Olinda (65,3%), Camaragibe (63%) e Jaboatão dos Guararapes (63%) compõem o segundo, terceiro e quarto lugar, respectivamente. Todos estes municípios foram alvo do decreto estadual que proibiu a circulação de pessoas e veículos - com exceção das que prestam atividades essenciais -, junto a São Lourenço da Mata (61,4%), que ficou em quinto lugar no índice, atrás de Paulista (62%).

As cidades que menos respeitaram a quarentena foram Cedro (34%), Calumbi (39%), Tuparetama (39,1%), Quixaba (39,6%) e Tabira (39,8%).

Autoridades de saúde afirmam que a taxa ideal de adesão ao isolamento é 70%. Ou seja, nenhuma cidade pernambucana alcançou a meta.

Para analisar o painel completo de isolamento social em Pernambuco basta clicar aqui.

Ranking:

As 10 cidades com maior índice de isolamento social

  1. Recife 66,1%
  2. Olinda 65,3%
  3. Camaragibe 63%
  4. Jaboatão dos Guararapes 63%
  5. Paulista 62%
  6. São Lourenço da Mata 61,4%
  7. Granito 59,5%
  8. Abreu e Lima 58,6%
  9. Jaqueira 58,6%
  10. Igarassu 58,4%

As 10 cidades com pior índice de isolamento social

  1. Cedro 34%
  2. Calumbi 39%
  3. Tuparetama 39,1%
  4. Quixaba 39,6%
  5. Tabira 39,8%
  6. Solidão 40,3%
  7. Ipubi 40,6%
  8. Santa Cruz da Baixa Verde 41,4%
  9. Machados 41,7%
  10. Cupira 42,2%

Ranking por mesorregiões do Estado

  1. Região Metropolitana do Recife - 57,8%
  2. Zona da Mata - 51,1%
  3. Sertão do São Francisco - 48%
  4. Agreste Pernambucano - 47,8%
  5. Sertão Pernambucano - 46,2%

Mais 964 casos e 55 novas mortes

No mesmo dia em que tais percentuais de isolamento foram medidos, Pernambuco registrou 964 novos casos de covid-19 e confirmou laboratorialmente 55 novas mortes em 24 horas, totalizando 19.452 infectados desde o início da pandemia e 1.516 óbitos.

Dos novos casos, 519 se enquadram como leves, e 445 como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Já com relação ao número total de casos, 9.703 foram confirmados como graves e 9.749 leves. Dos casos graves, 1.788 evoluíram bem, receberam alta hospitalar e estão em isolamento domiciliar, enquanto 3.430 estão internados, sendo 242 em UTI e 3.188 em leitos de enfermaria.

O boletim também divulgou que mais 45 pacientes se recuperaram da covid-19 no Estado. Com isso, o número de pessoas que venceram o coronavírus em Pernambuco subiu para 2.969.

Maior índice do Brasil

Segundo dados divulgados pelo governo do Estado neste domingo (17), Pernambuco atingiu o maior índice de isolamento social do Brasil no último sábado (16), primeiro dia de lockdown nos municípios do Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, São Lourenço da Mata e Camaragibe. Em média, 53,8% da população do Estado permaneceu em casa no sábado. Lembrando que o sábado foi de chuvas constantes em boa parte da Região Metropolitana do Recife (RMR).

Segundo georreferenciamento feito pela Inloco – empresa com escritórios no Brasil e nos EUA – nas primeiras 24 horas de vigência do decreto de intensificação do isolamento social, nas cinco cidades submetidas a regras mais rígidas de controle de circulação, o índice médio de isolamento atingiu 60%, um percentual bem superior aos 48% registrados no sábado anterior (09).

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias