Coronavírus

Primeiro dia útil de lockdown no Grande Recife tem engarrafamento em ponto de bloqueio

As novas regras seguem até o dia 31 de maio e começaram a valer no último sábado (16)

Mayra Cavalcanti
Cadastrado por
Mayra Cavalcanti
Publicado em 18/05/2020 às 8:57 | Atualizado em 18/05/2020 às 15:08
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
No primeiro dia útil do lockdown, houve engarrafamento na Avenida Agamenon Magalhães - FOTO: JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
Leitura:

Com informações das repórteres Isa Maria e Cinthia Ferreira, da TV Jornal, e Roberta Soares, do JC

No primeiro dia útil das regras de isolamento social mais rígidas em cinco cidades da Região Metropolitana do Recife (RMR), nesta segunda-feira (18), a reportagem observou fluxo reduzido de passageiros no Terminal Integrado de Rio Doce, em Olinda, além de fiscalização de veículos na divisa entre Recife e Olinda. O bloqueio gera engarrafamento no Complexo de Salgadinho e na Avenida Agamenon Magalhães.

As novas regras seguem até o dia 31 de maio e começaram a valer no último sábado (16), após decreto do governador Paulo Câmara, tornando obrigatório o uso de máscara, implementando o rodízio de veículos e os bloqueios no Recife, em Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata. No TI Rio Doce, o fluxo de passageiros teve redução se comparado ao período antes do novo decreto. No equipamento, motoristas, cobradores, passageiros e funcionários utilizavam máscaras e obedeciam o distanciamento social.

SAIBA COMO USAR CORRETAMENTE AS MÁSCARAS

Nos ônibus que saíram do TI, todos os usuários foram sentados, no entanto, foi possível ver coletivos lotados vindos de Paulista, que não está inserida no novo decreto. Estas linhas que se encontravam lotadas circulam pelos municípios de Recife e Olinda. Na divisa entre as cidades, o rodízio de veículos tem sido um desafio. Isto porque agentes de trânsito e guardas municipais estão parando todos os veículos, com placas pares ou ímpares, para que os motoristas justifiquem as suas saídas de casa.

É importante lembrar que apenas automóveis e motos com placas pares podem circular nesta segunda, exceto as pessoas que desenvolvem atividades essenciais contidas no decreto, como profissionais de saúde e de segurança, entre outros. A fiscalização acontece na Avenida Agamenon Magalhães, próximo à antiga fábrica Tacaruna, no bairro de Santo Amaro, na Zona Norte do Recife.

As pessoas que insistirem em circular podem ter seus veículos apreendidos. "Ainda existem aqueles que tentam burlar, mas nosso efetivo está muito empenhado, muito engajado, temos 300 homens lançados diariamente e isso fortalece e faz com que a população entenda essa operação de extrema importância", diz Fabiano Ferraz, gerente geral de Trânsito da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU). As novas regras têm como objetivo aumentar o isolamento social em Pernambuco, que estava, até o sábado (16), em 47,5% e subiu para 60%.

A reportagem também observou a presença de bloqueios na Avenida Caxangá, na Zona Oeste do Recife, e nas cidades de Camaragibe e São Lourenço da Mata. Em Camaragibe, na Avenida Belmino Correia, o movimento de pessoas ainda existe, mas com menor quantidade se comparado ao último sábado.

ARNALDO CARVALHO/JC IMAGEM
Movimentação no primeiro dia útil do lockdown em Pernambuco na Avenida Antônio de Góes, na Zona Sul - ARNALDO CARVALHO/JC IMAGEM
ARNALDO CARVALHO/JC IMAGEM
Movimentação no primeiro dia útil do lockdown em Pernambuco na Avenida Boa Viagem, na Zona Sul - ARNALDO CARVALHO/JC IMAGEM
ARNALDO CARVALHO/JC IMAGEM
Movimentação no primeiro dia útil do lockdown em Pernambuco no Complexo Joana Bezerra - ARNALDO CARVALHO/JC IMAGEM
ARNALDO CARVALHO/JC IMAGEM
Movimentação no primeiro dia útil do lockdown em Pernambuco no Complexo Joana Bezerra - ARNALDO CARVALHO/JC IMAGEM
ARNALDO CARVALHO/JC IMAGEM
Movimentação no primeiro dia útil do lockdown em Pernambuco no Centro do Recife - ARNALDO CARVALHO/JC IMAGEM
ARNALDO CARVALHO/JC IMAGEM
Movimentação no primeiro dia útil da quarentena no Centro do Recife - ARNALDO CARVALHO/JC IMAGEM
ARNALDO CARVALHO/JC IMAGEM
Nos principais corredores do Recife, como a Ponte Duarte Coelho, no Centro, deserto total. População, em geral, tem respeitado as regras mais rígidas de isolamento - ARNALDO CARVALHO/JC IMAGEM
LÉO MOTTA/JC IMAGEM
Movimentação no Terminal Integrado de Joana Bezerra, no Centro do Recife - LÉO MOTTA/JC IMAGEM
LÉO MOTTA/JC IMAGEM
Movimentação no Terminal Integrado de Joana Bezerra, no Centro do Recife - LÉO MOTTA/JC IMAGEM
LÉO MOTTA/JC IMAGEM
Movimentação no Terminal Integrado de Joana Bezerra, no Centro do Recife - LÉO MOTTA/JC IMAGEM
LÉO MOTTA/JC IMAGEM
Movimentação no Terminal Integrado de Joana Bezerra, no Centro do Recife - LÉO MOTTA/JC IMAGEM
LÉO MOTTA/JC IMAGEM
Movimentação no Terminal Integrado de Joana Bezerra, no Centro do Recife - LÉO MOTTA/JC IMAGEM
LÉO MOTTA/JC IMAGEM
Transporte público teve denúncias de aglomerações pontuais, mas os terminais tiveram ônibus estocados - LÉO MOTTA/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
A fiscalização é feita por agentes da CTTU e guardas municipais - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
Motoristas com carros com placas pares e ímpares foram parados para justificar a saída - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
No primeiro dia útil do lockdown, houve engarrafamento na Avenida Agamenon Magalhães - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
Motoristas com carros com placas pares e ímpares foram parados para justificar a saída - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
Retenções aconteceram próximo a alguns pontos de bloqueio, como o instalado no limite entre Recife e Olinda - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
No primeiro dia útil do lockdown, houve engarrafamento na Avenida Agamenon Magalhães - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
A fiscalização é feita por agentes da CTTU e guardas municipais - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
Motoristas com carros com placas pares e ímpares foram parados para justificar a saída - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
Motoristas com carros com placas pares e ímpares foram parados para justificar a saída - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
No primeiro dia útil do lockdown, houve engarrafamento na Avenida Agamenon Magalhães - JAILTON JÚNIOR/JC IMAGEM
LÉO MOTTA/JC IMAGEM
Movimentação na estação Joana Bezerra do metrô do Recife nesta segunda-feira (18) - LÉO MOTTA/JC IMAGEM

Veja como funciona o decreto

Entre os dias 16 e 31 de maio, o rodízio de veículos vai separar as placas terminadas em números pares (circulam nos dias pares) ou ímpares (circulam nos dia ímpares), além da implantação de pontos de controles móveis entre os cinco municípios. Não serão aplicadas multas de trânsito. Os motoristas que desobedecerem à regra, num primeiro momento, serão orientados a voltar para casa. Se insistirem, terão veículo apreendido. Se a desobediência continuar por parte do condutor, as forças policiais poderão ser empregadas, com condução do motorista a uma delegacia. Só poderão circular veículos com até três pessoas, incluindo o motorista, com exceção de socorro médico, por exemplo. 

As exceções, ou seja, quem tem livre circulação, são os profissionais das áreas de saúde, segurança, defesa civil e de uso oficial, além de veículos de serviços essenciais, como distribuidoras de água e gás, energia, Correios, imprensa, alimentos, funerárias, coleta de lixo, obras, guinchos, ambulâncias, táxis, ônibus e motocicletas de entrega.

Para fiscalizar os condutores, serão ativados 34 pontos de fiscalização, sendo 16 em Recife, oito em Olinda e oito em Jaboatão dos Guararapes. Outros dois pontos vão ser instalados em Camaragibe (um) e São Lourenço da Mata (um). A fiscalização será feita em blitz. 

Veja categorias/serviços cujos veículos estão isentos do rodízio 

Artes JC
Veículos que serão isentos do rodízio em Pernambuco - Artes JC

Circulação de pessoas

Para circulação de pessoas, o governo exigirá a apresentação de documento de identificação, além de justificativa do destino e finalidade essencial para a saída. É recomendado às pessoas que precisam sair de casa, que se dirijam a estabelecimentos próximos a suas residências. O Governo do Estado informa também que serão feitas ações de fiscalização e fechamento de estabelecimentos comerciais nas comunidades, além de higienização de ruas e distribuição de kits de higiene. Também haverá entrega de material informativo com reforço da importância do isolamento social.

Obrigatoriedade do uso de máscaras

Todas as pessoas que circulam nas cinco cidades precisarão fazer uso obrigatório de máscaras. Pessoas sem o equipamento, que estiverem em vias públicas, serão orientadas a voltar para suas casas. Nos casos de estabelecimentos comerciais e transporte público, haverá autuação se for constatada a desobediência à nova medida.

 

Comentários

Últimas notícias