Restrições

Governo de Pernambuco altera decreto para incluir proibição de caminhada e corrida em cliclofaixas de praias e parques

O decreto do domingo (31) vedava, apenas, o comércio nas áreas indicadas, deixando uma brecha para quem quisesse praticar exercícios nesses locais

JC
JC
Publicado em 03/06/2020 às 11:54
Notícia
Foto: Alexandre Gondin/JC Imagem
Governo fez o ajuste nesta quarta-feira - FOTO: Foto: Alexandre Gondin/JC Imagem
Leitura:

O Governo de Pernambuco publicou um decreto, no Diário Oficial desta quarta-feira (3), para incluir nas medidas temporárias de enfrentamento ao novo coronavírus (covid-19), a vedação à atividade de caminhada e de corrida nas cliclofaixas adjacentes aos calçadões de praias e parques. 

As medidas de segurança foram publicadas no último domingo (31) pelo governador Paulo Câmara, mas proibiam, apenas, o comércio nas áreas indicadas, deixando uma brecha para quem quisesse praticar exercícios nesses locais.

>> Praias e parques seguem fechados após quarentena em Pernambuco

Quarentena

Além disso,  o governo também fez uma alteração no artigo referente à quarentena. Inicialmente, o governo publicou que as pessoas que tenham ou tiverem contato com pessoas diagnosticadas com covid-19 deverão cumprir quarentena domiciliar de 14 dias, independentemente de aparecimento de sintomas.

No entanto, o governo precisou incluir, hoje, que os profissionais de saúde e de segurança pública não estão incluídos nesta medida.

Comentários

Últimas notícias