operação capitá

Operação da Polícia prende grupo que planejava assaltar carro-forte

A Operação Capitá foi conjunta da Polícia Federal e a Polícia Militar de Pernambuco e da Bahia

JC
JC
Publicado em 05/08/2020 às 16:17
Notícia

DIVULGAÇÃO
Material apreendido na Operação Capitá, deflagrada pela Polícia Federal e Polícia Militar de Pernambuco e da Bahia - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

Uma operação conjunta da Polícia Federal com a Polícia Militar de Pernambuco e da Bahia, deflagrada nesta quarta-feira (5), prendeu 11 integrantes de uma quadrilha especializada em assaltos a bancos e carros-fortes, que atuava em vários Estados. A Operação Capitá contou, ao total, com a cooperação de 130 policiais dos dois Estados.

>> Aprovados no concurso da Polícia Militar de Pernambuco fazem doação de sangue coletiva

As investigações da operação foram iniciadas ainda em março deste ano, depois da morte do ex-líder de uma das quadrilhas mais atuantes no Nordeste em confronto com a Polícia Militar de Goiás, Varnei Xavier dos Santos. A partir disso, a Polícia Federal conseguiu identificar novas lideranças entre os remanescentes da organização criminosa, que passaram a ser investigados nos últimos quatro meses.

>> Paulo Câmara quer criar Polícia Penal para atuar nos presídios do Estado

De acordo com a Polícia Federal, a quadrilha se articulava para realizar um assalto a um carro-forte em uma das rodovias próximas a Juazeiro, na Bahia, e Petrolina, em Pernambuco, nos próximos dias.

>> Polícia apreende armas, drogas e até cartões do Bolsa Família em operação na Mata Norte de Pernambuco

Em um dos endereços da busca e apreensão, na rua Maurício de Nassau, no bairro Gercino Coelho, em Petrolina, teve a rua e vários quarteirões do bairro cercados por dezenas de viaturas da Polícia. No local foram encontradas armas de grosso calibre, munição, explosivos, escudos e coletes balísticos, carros roubados, celulares, "além de diversos outros apetrechos comumente usados para esse tipo de crime".

DIVULGAÇÃO
Material apreendido na Operação Capitá, deflagrada pela Polícia Federal e Polícia Militar de Pernambuco e da Bahia - DIVULGAÇÃO

Até a publicação desta matéria, foram presos em flagrante 11 pessoas por crime de porte ilegal de armas de fogo de uso restrito, receptação, associação criminosa e posse de explosivos. Além disso, o suspeito de ser o financiador e um dos principais articuladores da quadrilha foi preso em São Paulo, em cumprimento a dois mandados de prisão em aberto, um oriundo da Justiça da Bahia, decorrente de uma condenação a pena de 24 anos de reclusão por homicídio, e outro preventivo, por roubo, da Justiça de Alagoas.

DIVULGAÇÃO
Material apreendido na Operação Capitá, deflagrada pela Polícia Federal e Polícia Militar de Pernambuco e da Bahia - FOTO:DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO
Material apreendido na Operação Capitá, deflagrada pela Polícia Federal e Polícia Militar de Pernambuco e da Bahia - FOTO:DIVULGAÇÃO

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias