pina

Incêndio em barracos de madeira deixa desalojados na Comunidade do Bode, no Recife

Defesa Civil do Recife visita famílias nesta segunda-feira (24)

JC
JC
Publicado em 24/08/2020 às 10:21
Notícia

JAILTON JR./JC IMAGEM
Pelo menos quatro moradias foram destruídas pelo fogo na madrugada desse domingo (23) - FOTO: JAILTON JR./JC IMAGEM
Leitura:

Atualizada às 13h37

Com informações da TV Jornal

Famílias estão desalojadas desde a madrugada desse domingo (23), quando um incêndio atingiu a Comunidade do Bode, no Pina, Zona Sul do Recife. As chamas destruíram sete barracos de madeira. Não houve vítimas, mas as moradias foram totalmente consumidas pelo fogo.

Uma das moradoras, a dona de casa Helena Barbosa teve o barraco queimado e agora está hospedada temporariamente na residência da filha. "Uns estão na casa de parentes, outros estão com vizinhos", revelou.

Sem moradia própria, a mulher contou que estão necessitando apoio. “Qualquer ajuda será bem vinda. Estamos precisando principalmente de material para reconstruir de novo”, disse.

» Veja as atividades que serão retomadas em Pernambuco a partir desta segunda-feira

» Metrô do Recife volta a operar em horário regular a partir desta segunda-feira (24)

JAILTON JR./JC IMAGEM
Pelo menos quatro moradias foram destruídas pelo fogo na madrugada desse domingo (23) - JAILTON JR./JC IMAGEM
JAILTON JR./JC IMAGEM
Pelo menos quatro moradias foram destruídas pelo fogo na madrugada desse domingo (23) - JAILTON JR./JC IMAGEM
JAILTON JR./JC IMAGEM
Pelo menos quatro moradias foram destruídas pelo fogo na madrugada desse domingo (23) - JAILTON JR./JC IMAGEM
JAILTON JR./JC IMAGEM
Pelo menos quatro moradias foram destruídas pelo fogo na madrugada desse domingo (23) - JAILTON JR./JC IMAGEM
JAILTON JR./JC IMAGEM
Pelo menos quatro moradias foram destruídas pelo fogo na madrugada desse domingo (23) - JAILTON JR./JC IMAGEM

A Defesa Civil do Recife informou que enviou assistentes sociais ao endereço para “fazer um levantamento dos imóveis atingidos pelo incêndio e tomar as medidas necessárias no atendimento às famílias”. Na vistoria, a equipe identificou os sete imóveis afetados, mas, desses, só um tinha moradores no local. Os demais estavam desocupados. A família encontrada receberá cesta básica e colchões, e já seguiu para outra residência.

Após o laudo da pasta, a Secretaria Executiva de Assistência Social do Recife deverá tomar as medidas necessárias para prestar assistência e avaliar a quais outros benefícios ela poderá ter acesso.

O incêndio

O Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE) foi chamado por volta das 5h20 e finalizou a ocorrência às 6h50. Segundo a corporação, o incêndio teria começado em um dos imóveis, onde haveria material reciclável, e se alastrado para os demais.

O CBMPE falou que é preciso uma perícia mais detalhada para informar o motivo do fogo. Caso seja feita, será realizada pelo Centro de Criminalista.

A moradora Helena especulou que o incêndio tenha sido causado por um cigarro ou propositalmente por alguém. “O barraco não tinha energia, então não tem condições de ele ter pegado fogo", falou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias