Pandemia

Abrigos de idosos em Olinda não registraram casos de coronavírus durante a pandemia

Já são quase sete meses desde que o primeiro caso de covid-19 foi confirmado no Estado

Douglas Hacknen
Douglas Hacknen
Publicado em 05/10/2020 às 16:47
TV JORNAL
Os abrigos da cidade não registraram casos do novo coronavírus - FOTO: TV JORNAL
Leitura:

Na cidade de Olinda, na Região Metropolitana do Recife, uma notícia boa é refletida nos dados do novo coronavírus (covid-19). Após quase sete meses do registro do primeiro caso da doença em Pernambuco, no dia 12 de março, os muros dos abrigos de idosos no município não foram ultrapassados pelo vírus. Tendo chegado a marca de 149.454 casos confirmados, nesta segunda-feira (5), o Estado totaliza 26.376 casos graves e 123.078 leves. A quantidade de mortes pela covid-19 é de 8.340.

>> Pernambuco tem sequência recorde de queda ou estabilidade de casos da covid-19

>> Semana começa com expectativa e dúvida sobre volta às aulas presenciais em Pernambuco

O fato de os abrigos de Olinda não terem registros da doença é classificado pelos responsáveis como uma combinação vigorosa de dedicação, trabalho sério e crença na ciência e no isolamento social transformou os abrigos da cidade em modelos a serem seguidos. No total, são oito abrigos no município que cuidam de cerca de 190 idosos.

A coordenadora do selo Abrigo Amigo do Idoso, Elizângela Martins, explicou que a saída vizualizada para tentar amenizar a distância dos amigos e familiares foi aumentar a frequência de jogos e atividades recreativas. Ela também conta que também precisou redobrar os cuidados. No abrigo, o acompanhamento médico dos idosos também foi reforçado.

Enfermeira, Gilvania Sabino contou como é feito o protocolo de entrada nas unidades: "a gente (funcionários) não chega e entra pela frente. Temos uma entrada lateral onde a gente entra, toma banho e troca de roupas para poder começar a trabalhar". 

Comentários

Últimas notícias