Protesto

Rodoviários voltam a protestar no Recife contra a dupla função e demissões

Os motoristas estacionaram os veículos na Rua do Sol, Avenidas Conde da Boa Vista, Guararapes e Agamenon Magalhães, além de via nas imediações do Parque 13 de Maio

JC
JC
Publicado em 13/10/2020 às 8:33
Notícia

FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Protesto dos rodoviários na manhã desta terça-feira (13) na Avenida Conde da Boa Vista - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Com informações da repórter Mônica Ermírio, da TV Jornal

Atualizada às 12h14

Rodoviários realizam mais um protesto no Recife na manhã desta terça-feira (13). Os motoristas estacionaram os veículos no cruzamento da Rua do Sol com a Avenida Guararapes, no bairro de Santo Antônio e no cruzamento da Avenida Conde da Boa Vista com a Rua da Aurora, ambos no Centro do Recife. Outros pontos onde o protesto acontece são na Avenida Agamenon Magalhães, próximo à Praça do Derby, e nas imediações do Parque 13 de Maio, no bairro de Santo Amaro. De acordo com os manifestantes, o motivo do ato é a dupla função exercida pelos motoristas e as demissões de cobradores. O ato teve início por volta das 8h e não tem previsão de término.

"O objetivo deste protesto é para que os parlamentares se solidarizem pela situação dos trabalhadores e votem a favor do PLO 05. O motorista ter que dirigir e cobrar coloca em risco a vida do usuário do transporte. Porque ele não vai ter uma atenção exclusiva. Pode causar uma tragédia. A dupla função não é avanço, mas o maior retrocesso do sistema de transporte público de passageiros", declara Aldo Lima, presidente do Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco. O projeto 05/2019 estava previsto para ser votado às 10h desta terça, na Câmara dos Vereadores do Recife. No entanto, a votação não aconteceu por falta de quórum.

Segundo a assessoria de comunicação da Câmara, no início da reunião havia 20 vereadores, quantidade mínima necessária para votação. Depois foi feita uma recontagem e só 19 vereadores estavam presentes. Com isto, o PL não pôde ser votado e entra na pauta novamente na próxima segunda-feira (19). A proposta é de autoria do vereador Ivan Moraes (PSOL) e tramita na Câmara desde março de 2019. A primeira tentativa de votá-lo ocorreu no fim de agosto. Esta é a quarta vez que o projeto que trata sobre o fim da dupla função é colocado em pauta e, mais uma vez, não é votado. 

Veja a íntegra da nota enviada pela presidência da Câmara:

O presidente da Câmara Municipal do Recife, vereador Eduardo Marques, afirmou que o projeto de lei número 05/ 2019 voltará à votação na próxima segunda-feira, quando acontece nova reunião dos vereadores. Ele colocou o projeto na pauta de votação de hoje (13) – conforme determina o Regimento da Casa, no entanto, não foi possível votar por falta de quórum. Mas a reunião seguiu com pronunciamentos dos presentes. O projeto de lei número 05/ 2019 proíbe o acúmulo das funções de motorista de ônibus e cobrador de tarifas no transporte público coletivo do Município do Recife. O presidente lembrou ainda que a agenda desta semana na Câmara conta com reuniões de várias Comissões: Acessibilidade e Mobilidade Urbana, Finanças e Orçamento, bem como Legislação e Justiça.

FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
O protesto dos rodoviários acontece desde as 8h desta terça-feira - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
O protesto aconteceu em diversas vias do Recife, incluindo a Avenida Agamenon Magalhães - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Nem a favor nem contra. Pela quarta vez consecutiva e após dois meses de tentativas, a Câmara de Vereadores do Recife adiou, mais uma vez, a votação do Projeto de Lei 05 de 2019, que pretende proibir os motoristas de acumularem a função de cobrador nos ônibus em circulação no Recife - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
O protesto aconteceu em diversas vias do Recife, incluindo a Avenida Conde da Boa Vista - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Estava prevista para esta terça-feira a votação do PLO 05/2019, na Câmara dos Vereadores do Recife, que proíbe a dupla função - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Segundo o sindicato dos Rodoviários, a dupla função coloca em perigo o motorista e os passageiros - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Os rodoviários são contrários à dupla função e pedem que os trabalhadores parem de ser demitidos - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Os passageiros que seguiam em direção ao Centro do Recife tiveram que continuar o percurso a pé - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Com a ausência de quórum, a possível votação foi adiada em uma semana, podendo vir a acontecer na segunda-feira 19/10 - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Protesto dos rodoviários nas ruas do Centro do Recife contra a dupla função - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Protesto dos rodoviários nas ruas do Centro do Recife contra a dupla função - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Protesto dos rodoviários nas ruas do Centro do Recife contra a dupla função - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Protesto dos rodoviários nas ruas do Centro do Recife contra a dupla função - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Os rodoviários protestam contra a dupla função dos motoristas e a demissão dos cobradores de ônibus - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Os motoristas e cobradores estacionaram os ônibus em diversas ruas e avenidas do Recife para protestar contra a dupla função - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
O protesto acontece no mesmo dia em que está prevista a votação do PLO 05/2019 na Câmara dos Vereadores do Recife, que proíbe a dupla função - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Os rodoviários protestam contra a dupla função dos motoristas e a demissão dos cobradores de ônibus - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
A categoria realiza o protesto em diversos pontos do Recife, incluindo o cruzamento da Avenida Guararapes com a Rua do Sol - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Eles tiveram que caminhar até ao Centro do Recife devido à falta de ônibus - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Passageiros desceram nas imediações do Shopping Tacaruna devido ao protesto - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Passageiros que seguiam pela Avenida Cruz Cabugá tiveram que descer dos coletivos nas imediações do Shopping Tacaruna - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM

Por causa da manifestação, diversos passageiros tiveram que seguir a viagem a pé. Uma delas é a dona Luzinete, que veio de Igarassu, no Grande Recife, acabou tendo que descer do coletivo próximo ao Shopping Tacaruna. Ela seguia em direção ao Cais de Santa Rita. "Me sinto péssima porque os patrões acham que a gente está mentindo. Mandaram a gente descer porque está tendo protesto e está tudo fechado lá na frente. A passagem daqui do Estado de Pernambuco é uma passagem caríssima e a gente nessa situação. Não tem ônibus, não tem conforto", declara. Outra pessoa, que seguia em direção ao Centro do Recife, foi a doméstica Luciana da Silva. "A gente fica no meio da cidade, no meio do caminho, e eles fazendo isto com a gente? Não pode. Perde hora de trabalho, hora de tudo. Não existe isso", comenta

Os rodoviários têm realizado diversos protestos no Grande Recife contrários à dupla função, quase todos no mesmo formato do que acontece nesta terça-feira. Dois deles ocorreram nos dias 21 e 28 de setembro deste ano, também nas ruas do Centro do Recife. Outro, realizado no dia 4 de setembro, foi em frente à empresa Caxangá, quando motoristas e cobradores impediram a saída de ônibus das garagens localizadas no bairro de Jardim Brasil, em Olinda. Atualmente, 67% das linhas do sistema estão operando sem o cobrador e com os motoristas atuando, em quase toda sua totalidade, na dupla função, ou seja, dirigindo, recebendo dinheiro e passando troco, o que representa 2.386 motoristas, segundo apurou a Coluna Mobilidade, do JC.

Sobre a manifestação, o Grande Recife Consórcio de Transporte enviou uma nota, informando que irá notificar o Sindicato dos Rodoviários para que o órgão seja avisado previamente sobre os atos. A reportagem entrou em contato com o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros no Estado de Pernambuco (Urbana-PE) e aguarda retorno. 

Confira a íntegra da nota do Grande Recife:

O Grande Recife informa que, mais uma vez, foi surpreendido com um protesto dos rodoviários, na manhã desta terça-feira (13), no centro expandido do Recife. Diante das sucessivas paralisações sem comunicados prévios, o Consórcio já notificou o Sindicato dos Rodoviários para que o órgão seja informado previamente sobre eventuais manifestações com o objetivo de minimizar os impactos destes atos para os usuários. Neste momento, o Grande Recife, em parceria com a CTTU e a Polícia Militar, está realizando desvios de itinerário nas linhas atingidas pelo protesto.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias