VIOLÊNCIA

Dois homens são mortos e outros dois ficam feridos após trio efetuar tiros em bar em São Lourenço

Além disso, um jovem, ainda não identificado pela polícia, que estava no local, também pode ter sido atingido

JC
JC
Publicado em 26/10/2020 às 11:37
Notícia

JC IMAGEM
Corpos das vítimas foram levados para o Instituto de Medicina Legal, que fica em Santo Amaro, na área central do Recife - FOTO: JC IMAGEM
Leitura:

Dois homens foram mortos e outros dois ficaram feridos após um trio se aproximar e efetuar disparos, na manhã desse domingo (25), em um bar em São Lourenço da Mata, no Grande Recife. A causa do crime não foi explanada.

Segundo a Polícia Civil de Pernambuco, as vítimas estavam bebendo no estabelecimento quando foram surpreendidas por três desconhecidos, armados e com máscaras, que se aproximaram e atiraram contra os que estavam no local.

Uma equipe da Força Tarefa foi acionada, verificou duas vítimas já sem vida, que tinham 34 e 42 anos, e foi informada que as vítimas da tentativa, de 29 e 34 anos, foram socorridas ao Hospital Getúlio Vargas, no Recife.

Segundo informações, um jovem, ainda não identificado pela polícia, que estava no local, também pode ter sido atingido.

A Polícia Civil instaurou inquérito policial e está investigando para identificar os suspeitos do duplo homicídio e da dupla tentativa de homicídio. O caso será conduzido pela 10ª Delegacia de Polícia de Homicídios (DHP).

Homicídios em Pernambuco acima da média nacional

Pernambuco registrou, no primeiro semestre de 2020, um crescimento no número de homicídios acima da média nacional. Em seis meses, 1.962 pessoas foram assassinadas. Enquanto que no mesmo período do ano passado, foram 1.755. O aumento foi de 11,8%. Já a média nacional, que também registrou crescimento no número de mortes violentas, foi de 7,1%. Os dados, divulgados nesta segunda-feira (19), fazem parte da nova edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública.

Depois de Pernambuco comemorar 24 meses consecutivos de queda, até em novembro de 2019, os meses seguintes foram de aumentos sucessivos no número de homicídios. A exceção foi agosto deste ano. Nem mesmo o isolamento social, provocado pela pandemia do novo coronavírus, foi capaz de contribuir para interromper o ciclo de crescimento da taxa de violência armada no Estado.

No geral, segundo apontou o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, todas as taxas ligadas às mortes violentas em Pernambuco cresceram no primeiro semestre deste ano, se comparado com o mesmo período de 2019. Os assassinatos de mulheres saltaram de 98 para 109 (+ 11,2%). Os feminicídios subiram de 28 para 32 (+24,4%). Uma exceção foi o número de latrocínios (assalto seguido de morte). No primeiro semestre de 2019, foram 63 casos. Já no mesmo período deste ano, 59. 

 

Seja um assinante JC.

Assine o JC com planos a partir de R$ 1,90 e tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo do jc.com.br, à edição digital do JC Impresso e ao JC Clube, nosso clube de vantagens e descontos que conta com dezenas de parceiros.

Assine o JC

Comentários

Últimas notícias