solidariedade

Em ano de coronavírus, ações solidárias reforçam esperança de um futuro melhor; veja como ajudar

Iniciativas promovem ações como jantar em hospital, entregas de kits de higiene, entrega de brinquedos e outras

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 11/11/2020 às 21:34
Notícia

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Projeto TRIPAS leva sorrisos às unidades de saúde - FOTO: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM
Leitura:

Em um 2020 assombrado pela pandemia do novo coronavírus, a chegada do fim de ano traz, em uma proporção ainda maior que nos anteriores, o clima de paz, amor e esperança de um futuro melhor. Esperança essa que também pode ser vista no olhar de uma pessoa em situação de rua que recebe um prato de comida, de uma família em situação de vulnerabilidade social que ganha uma cesta básica e de tantas pessoas em situações difíceis que contam com o apoio das outras em um gesto de solidariedade.

Uma pesquisa realizada pelo Datafolha, entre os dia 1º e 8 de setembro de 2020, encomendada pela Omo, aponta que 96% dos brasileiros têm o desejo de serem mais solidários. Desta porcentagem, 68% agem de forma individual e pontual por não conhecer outras formas e oportunidades de realizar ações solidárias, enquanto apenas 27% se envolvem com iniciativas coletivas organizadas.

Ainda na infância, a nutricionista Geziane Melo, de 25 anos, moradora do município de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, foi ensinada pela mãe a realizar doações de seus brinquedos e roupas para aquelas crianças que não têm. Ao longo do tempo, à medida em que crescia, ela continuou praticando essas ações, de forma individual, quando fazia viagens em família para o interior do Estado. Até que no ano de 2014 tudo mudou.

"Um amigo me apresentou um projeto solidário que ele fazia parte e eu comecei ajudá-los. No início entrei como colaboradora, depois passei a ser voluntária e fazer ações como entregar alimentos a pessoas em situação de rua e fazer a recreação dos filhos delas", explicou a nutricionista.

Apesar de amar o que fazia, as responsabilidades da vida, como trabalho e estudo, impediu a jovem de continuar realizando as ações junto a um projeto e ela voltou a fazer apenas algumas ações pontuais por conta própria. No entanto, a semente plantada em seu coração pelo amigo, que veio a óbito em março deste ano, continuou florescendo e, após conseguir conciliar as obrigações com o trabalho voluntário, ela voltou a participar de projetos.

"Atualmente eu faço parte do projeto Terapia do Riso da Pastoral da Saúde, o TRIPAS, em que atuamos em hospitais, vestidos de palhaços. Sou completamente apaixonada pelo nosso trabalho, porque além de levar alegria para quem está nesses locais temos a oportunidade de entender melhor a dor do outro e doar também doar o que tem dentro da nossa essência", declarou.

 

Como a pandemia da covid-19 modificou todas as ações rotineiras do grupo, neste fim de ano, o TRIPAS irá realizar uma ação de fim de ano para levar comidas para pessoas em situação de rua e fazer a distribuição de kits de higiene com álcool em gel, máscaras e outros materiais para que eles possam se proteger contra o vírus. Informações para contribuições podem ser conferidos no fim da matéria.

"Me sinto muito feliz em saber que há pessoas que se importam comigo"

Um dos termos encontrados no dicionário utilizados para descrever solidariedade está "sentimento de amor ou compaixão pelos necessitados ou injustiçados, que impele o indivíduo a prestar-lhes ajuda moral ou material". Quem conhece bem este sentimento é Joanna de Ângelis, de 29 anos, que é moradora do Recife e idealizadora do projeto Espalhando Luz.

À reportagem do JC, Joanna explicou que o desejo de ajudar o próximo surgiu, há 10 anos, quando teve que enfrentar uma leucemia e viu como as pessoas se sentem solitárias em hospitais. Após vencer a doença, Joanna resolveu começar a fazer visitas às instituições de saúde.

"A princípio eu fazia as ações sozinha, arrecadando alimentos para os acompanhantes de pacientes em hospitais, até que outras pessoas começaram a ajudar e a querer participar. A corrente foi crescendo e em 2013 resolvi criar o projeto que hoje conta com 35 pessoas", disse Joanna.

CORTESIA
Projeto Espalhando Luz desenvolve diversas ações solidárias, entre elas arrecadação de alimentos para entrega de cestas básicas - CORTESIA

Em sete anos de atuação, o Espalhando Luz tem atuado não só em hospitais, mas também realizado diversas campanhas, seja em conjunto com outras iniciativas, ou sozinhos. Há três meses, por exemplo, eles vem ajudando ex-cabeleireira Suelane Silva, de 47 anos, moradora de Jaboatão dos Guararapes e há 16 anos desenvolveu uma doença rara chamada esclerose sistêmica, além de artrite reumatoide, que são autoimunes e afetam a cicatrização da pele e articulações.

O caso de Suelane não tem cura, mas além de arrecadar com alimentos e medicação, o projeto criou uma vaquinha online, com o objetivo de arrecadar fundos para o tratamento da mulher, em São Paulo, que custa R$ 50 mil.

"Aqui em Pernambuco não faz o tratamento necessário para eu ter uma qualidade de vida melhor, só em São Paulo. Além de melhorar com relação às dores, porque dói demais, o tratamento iria fazer com que meus músculos das mãos e pés parassem de se atrofiar", desabafou Suelane, que vive em cima de uma cama.


Apesar do sofrimento diário, a ex-cabeleireira encontra um pouco de conforto no apoio que tem recebido. "Eles são uma bênção, me sinto muito feliz por saber que há pessoas que se preocupam comigo", falou. Informações de como ajudar Suelane podem ser conferidas em lista no fim da matéria.

Para Joanna, ajudar o próximo é uma forma de praticar o amor que é pregado. "A vontade é de fazer tudo pelo mundo, mas infelizmente a gente não pode, mas tenho certeza que se as pessoas passarem a agir dessa forma, se preocupando com as outras, o mundo será melhor", concluiu.

Ações solidárias

Sentiu vontade de praticar ações de solidariedade também? O JC preparou uma lista ações solidárias que estão sendo promovidas por ONGS e projetos em Pernambuco em prol de ajudar quem mais precisa. Confira:  

TRIPAS

Para a ação de fim de ano, o TRIPAS está arrecadando doações de materiais de higiene pessoal, como sabonetes, creme dental, papel higiênico e outros. Quem quiser ajudar, pode entrar em contato pelo número de telefone: (81) 8589-2012.

Espalhando Luz

O projeto Espalhando Luz está em campanha para arrecadação donativos para Suelane, como pomada dexametasona, óleo de girassol e alimentos saudáveis para repor massa muscular. Os donativos podem ser recebidos nos endereços localizados na Avenida Fernando Simões Barbosa 896 - AP 301 EDF. First Cristal Home, em Boa Viagem, no Recife; e na Rua Alcântara, 27 B, no bairro de Coqueiral.

Já quem quiser ajudar Suelane financeiramente, pode fazer depósitos em sua conta na Caixa Econômica Federal. Nome: Suelane Sebastião da Silva; Agência: 0648; Conta: 000984791261-6; ou pela vaquinha online.

O Projeto também irá promover um jantar para os acompanhantes dos pacientes internados no Hospital Otávio de Freitas, quem quiser ajudar, devem doar alimentos e descartáveis nos mesmos endereços citados acima.

Casa da Esperança

Localizada em Jaboatão dos Guararapes, a Casa da Esperança que oferece diversos programas sociais a famílias do município, que vivem com mínimas condições de moradia, falta de saneamento básico, criminalidade e altos índices de desemprego. Na Casa, elas encontram a chance de transformação e mudança de vida para as crianças, adolescentes e jovens. 

O local está arrecadando doações para concluir a obra do último andar da sede, onde serão prestados serviços para comunidade, como consultório médio, consultório odontológico, sala de fisioterapia, consultório de psicologia, ballet, judô e brinquedoteca. Eles estão precisando de doações de itens ou valores para equipar as salas de aula.

Interessados em ajudar podem realizar doações pelas contas bancárias da instituição. Banco do Brasil - Agência: 3699; Conta Corrente 23.362-5;  Caixa Econômica Federal - Agência 1580; Conta Corrente 614-0; Operação 003; Itaú - Agência 0877; Conta Corrente 66664-4.

Doações de materiais podem ser feitas no endereço Rua Campo Grande, 18, Candeias.

Sertânia sem Fome

Campanha natalina do Sertânia Sem Fome conta com apoio de instituições privadas para fortalecer a arrecadação de donativos arrecada donativos, alimentos, itens de higiene pessoal e limpeza que serão entregues 2 mil famílias em estado de miserabilidade do Sertão pernambucano.

Interessados podem contribuir até o dia 4 de dezembro com a campanha através da vaquinha online ou com depósito de qualquer valor na conta bancária do  Lar Fraterno Vovó Cavendish. Banco Bradesco -  Agência: 1058; C/C: 36959-4; CNPJ: 36.756.631/0001-82.

Escola de Filosofia Espiritualista Raios do Amanhecer

A Escola de Filosofia Espiritualista Raios do Amanhecer, em Jaboatão dos Guararapes está realizando campanha natalina para doação de cestas básicas par famílias em vulnerabilidade que moram no entorno da instituição. Para um maior controle das cestas, as doações serão feitas a famílias cadastradas, pela própria instituição, uma semana antes do dia ação, no qual as famílias receberão uma senha.

Para ajudar, as pessoas podem fazer a doação de uma cesta básica ou de R$ 50. A doação financeira pode ser feita pela conta Nubank (banco 260); Agência: 001; C/C: 85976215-1; CPF: 922.203.634-49; ou pelo Abacashi. Já o endereço para doações de cestas é Rua Dr. José Rodrigues, nº 374, Centro, Jaboatão dos Guararapes.

GAC

O Grupo de Ajuda à Criança Carente com Câncer – Pernambuco (GAC-PE) está com duas campanhas ativas. O Abrace essa Causa, que é destinado a empresários, microempresários e comerciantes ou pessoas físicas que desejam trazer uma visão de Responsabilidade Social para seu negócio com doações mensais de R$ 300, R$ 400 e R$ 500; e o Continue a Obra de uma Vida- Adote o Tratamento de uma Criança com Câncer, em que a população pode contribuir para a manutenção do tratamento humanizado de 800 pacientes atendidos pela instituição.

Os interessados em adotar um paciente atendido GAC-PE e contribuir com a humanização do tratamento podem entrar em contato com o Departamento de Doações da instituição pelos telefones 3423.7633 ou 3423.7636. A contribuição também pode ser feita através de depósito ou transferência direto na conta do GAC-PE (BANCO DO BRASIL - Agência - 0697-1 Conta – 64822-1 | CNPJ: 02.024.876.0001-01).

Natal Solidário Ferreira Costa

A Ferreira Costa realiza ação de arrecadação de brinquedos para crianças carentes. Para participar, é só escolher uma das cartinhas da nossa árvore de Natal, comprar o brinquedo que a criança escolheu e entregar na loja até o dia 30 de Novembro. As árvores estarão na entrada das lojas da Imbiribeira, Tamarineira, Garanhuns e os presentes podem ser entregues nas própria lojas.

Lar do Nenen

O Lar do Nenen, organização não governamental que acolhe crianças de 0 a 4 anos em situação de abandono ou risco, está realizando uma campanha para arrecadar recursos financeiros para custear a manutenção da casa, sendo a maior necessidade o pagamento do 13º salário dos colaboradores. Além disso, há outros itens importantes de necessidade constante do Lar do Nenen: leite, fraldas, alimentos e produtos de limpeza e higiene pessoal.

Os interessados em colaborar podem fazer as doações financeiras através do Banco do Brasil, Ag: 1833-3 e CC: 29.348-2. Já quem puder doar leite, fraldas, alimentos e material de limpeza e higiene pessoal podem ser dirigir à sede da instituição, localizada na Rua Menezes Drummond, número 284, Madalena, Zona Oeste do Recife.

Santa Casa de Misericórdia do Recife

A Santa Casa de Misericórdia do Recife está arrecadando cestas básicas e brinquedos novos ou usados, por meio do grupo Anjos Multiplicadores, que pretende beneficiar unidades de educação e assistência social da Santa Casa e comunidades carentes da Região Metropolitana do Recife.

As doações podem ser feitas via conta bancária ou deixando os alimentos e brinquedos diretamente no Convento de Santa Tereza, na Avenida Olinda. As cestas básicas padrão custam R$ 60,00 e serão compostas de arroz, feijão carioca, flocão, açúcar, farinha, macarrão, óleo de soja, café em pó, leite integral e bolacha. A conta para doação é a da Caixa Econômica Federal - Agência: 4253; Operação: 003; Conta: 623-0; Santa Casa e Anjos Multiplicadores; CNPJ: 10.869.782/0001-53.

Natal Sabor Solidário

O Grupo Sabor Solidário, que promove ações voltadas para pessoas em situação de vulnerabilidade social, está realizando a campanha Natal Sabor Solidário, no qual serão doadas 150 cestas básicas para moradores de comunidades. 

Interessados podem fazer doações até o dia 20 de dezembro por meio de contas bancárias do Bradesco -Agência: 1606; C/C: 70835-6; Favorecido: Severino Olímpio; ou Caixa Econômica Federal- Agência: 0944; C/C: 013.000.488.30-0; Favorecida: Veronica B Souza.

Campanha Natal Solidário para o Espaço Criança

Alimentos, roupas e brinquedos para a instituição infantil Espaço Criança, na Boa Vista, estão sendo arrecadados pelo complexo empresarial Rio Ave Corporate Center por meio da campanha Natal Solidário.

Os interessados em participar podem deixar as doações nos pontos de coleta, na recepção dos empresariais Albert Einstein, Alfred Nobel, Charles Darwin, Graham Bell, Isaac Newton e Thomas Edison.

 

Seja um assinante JC.

Assine o JC com planos a partir de R$ 1,90 e tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo do jc.com.br, à edição digital do JC Impresso e ao JC Clube, nosso clube de vantagens e descontos que conta com dezenas de parceiros.

Assine o JC

Comentários

Últimas notícias