Oportunidade

No Recife, população em situação de rua faz curso de manutenção de bicicletas

As aulas são voltadas para o público atendido pelo Centro POP e Abrigo Noturno Irmã Dulce

Douglas Hacknen
Douglas Hacknen
Publicado em 11/12/2020 às 21:14
Notícia
Divulgação
Curso de manutenção de bicicleta - FOTO: Divulgação
Leitura:

O curso de manutenção de bicicletas para as pessoas em situação de rua, no Recife, ganhará uma segunda turma a partir da próxima segunda-feira (14). A qualificação profissional é destinada para as pessoas atendidas pela rede de cuidado socioassistencial do município e acontece na Escola Profissionalizante Dom Bosco, no bairro de Casa Amarela, Zona Norte da capital.

>> MPF obtém decisão que obriga Prefeitura do Recife a devolver mais de R$ 26 milhões para Fundo Municipal de Saúde

>> PF faz buscas no Recife e em outras cidades em desdobramento de operação que investiga desvios da covid-19

Devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19), um total de 13 alunos serão beneficiados pelo programa, sendo que cinco deles já concluíram as aulas e receberam a certificação nesta sexta-feira (11). As aulas acontecem das 8h às 12h, de segunda a sexta-feira, por cinco dias. Na conclusão, os alunos recebem um certificado e um kit com ferramentas para que possam iniciar a nova atividade.

A iniciativa é promovida pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, da Secretaria de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo, Centro POP e pela Pastoral do Povo da Rua.

A secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Recife, Ana Rita Suassuna, destacou que "o objetivo das aulas é promover a possibilidade de acesso à renda, bem como proporcionar educação para a conquista da autonomia, visando a construção de novos projetos de vida e a saída das ruas".

O projeto é voltado para pessoas em situação de rua que são acompanhadas pelos serviços do Centro POP e pela Pastoral do Povo da Rua, além de estarem acolhidos no Abrigo Noturno Irmã Dulce. 

“A função do poder público é cuidar daqueles que mais precisam, não apenas no sentido assistencialista, mas também para construir cidadãos que não precisem depender de ninguém. Com o curso, estamos dando oportunidade a essas pessoas, permitindo que elas cresçam como cidadãos e como indivíduos capazes de gerir suas vidas e construir seu futuro”, completou o secretário de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo, Antônio Júnior.

Comentários

Últimas notícias