BANHO NO RIO

Adolescente morre afogado no Rio Capibaribe e corpo é recuperado por moradores na Zona Norte do Recife

Barco do Corpo de Bombeiros teve problema no motor e as buscas pelo corpo não aconteceram

JC
JC
Publicado em 18/12/2020 às 17:20
Notícia

BETO DLC/JC IMAGEM
Por conta de problemas em barco do Corpo de Bombeiros, busca e recuperação de corpo de adolescente foi feita por populares. - FOTO: BETO DLC/JC IMAGEM
Leitura:

Com informações da TV Jornal
Atualizada às 17h42

O corpo de um adolescente de 14 anos, morto por afogamento no Rio Capibaribe, foi encontrado e recuperado por pessoas que se dispuseram a colaborar com a busca, nesta sexta-feira (18), depois que o Corpo de Bombeiros teve problemas com o motor de um barco e não conseguiu realizar a operação. 

Anderson Brenno de Lira Alves, saiu de casa, no Alto José do Pinho, na Zona Norte do Recife, na tarde da última quinta-feira (17), para jogar bola com os amigos. Depois, decidiu tomar banho de rio, próximo ao Jardim do Baobá, também na Zona Norte, mas caiu no mangue, não conseguiu sair e morreu afogado. 

As buscas pelo corpo de Anderson tiveram início ainda na quinta-feira, pelos Bombeiros, mas por falta de visibilidade, já que era noite, duraram pouco tempo. O trabalho deveria ter sido retomado na manhã desta sexta-feira, entretanto, o Corpo de Bombeiros não saiu da Ilha do Leite, na Zona Norte, por causa de problemas no motor do barco. Por este motivo, populares entraram em ação. 

"Nossa indignação hoje é porque desde 7h a gente estava no píer do Sport, na Ilha do Leite, e a guarnição dos Bombeiros foi atrás de um motor no Corpo de Bombeiros, e nenhum dos dois motores trazidos funcionava. A gente tem um Corpo de Bombeiros que não consegue socorrer ninguém porque um simples motor de barco não funciona. A gente quer resposta dos governantes. Onde estão os recursos para a segurança? Porque isso é segurança pública. Ficamos das 7h até 13h aguardando um motor para tirar o corpo da água. Quem retirou o corpo foi a população porque o bombeiro não tinha nem equipamento adequado para entrar no mangue. Fica o sentimento de revolta e esperamos que isso não aconteça com mais ninguém", denunciou Rogério Souza, empresário, tio da vítima. Ele afirmou ainda que, por causa desse problema com o barco da equipe dos Bombeiros, não houve busca para resgatar o garoto. 

Em barcos comuns, familiares, amigos e pessoas dispostas a ajudar percorreram o rio e por volta das 15h o corpo do garoto foi encontrado, às margens do Rio Capibaribe, no bairro das Graças, também na Zona Norte da cidade. Abalada, a família denunciou a demora dos Bombeiros para iniciar as buscar. 

A reportagem do JC entrou em contato com o Corpo de Bombeiro, para saber o posicionamento da corporação sobre as denúncias feitas pela família do adolescente e recebeu resposta por meio de nota. Confira:

Por volta das 8h da manhã de hoje (18) os bombeiros retomaram as buscas de um possível afogamento de um adolescente no Parque Jardim Baobá, s/nº, Graças, Recife-PE. Durante as buscas a embarcação teve que fazer um procedimento de manutenção, pois o local com bastante material orgânico e lama dificultam o funcionamento do motor neste tipo de ambiente. Outra embarcação do Grupamento Marítimo foi acionada para as buscas. Por volta das 15h20min o corpo do adolescente foi encontrado por populares, nas proximidades da ponte da Torre e entregue aos bombeiros para a conclusão das buscas.

 

Comentários

Últimas notícias