Escassez

Saiba como conseguir uma caixa d'água de 500 litros da Compesa

Para receber um dos reservatórios, clientes precisam se inscrever

Renata Monteiro
Renata Monteiro
Publicado em 06/02/2021 às 8:54
Notícia
DIVULGAÇÃO
Ação já beneficiou mais de 700 clientes - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

A Compesa inicia, neste mês de fevereiro, mais uma etapa do projeto Caixa D'água Social, feito em parceria com as empresas Sabará, Grupo Tigre (por meio do seu Instituto Carlos Roberto Hansen) e FortLev. Segundo a companhia, o objetivo da ação é auxiliar o enfrentamento à covid-19 no Estado, sobretudo neste momento em que o período de racionamento de água foi prolongado em várias localidades devido à escassez de chuva na Região Metropolitana do Recife.

Até o momento, a iniciativa já beneficiou mais de 700 clientes cadastrados na tarifa social com uma caixa d'água de 500 litros. Agora, mais uma remessa de reservatórios está sendo disponibilizada para doação.

>> Vereadores do Recife querem criar comissão para fiscalizar Compesa

>> Moradores do Grande Recife terão menos dias com água nas torneiras; confira novo calendário de abastecimento

>> Bairros e cidades do Grande Recife afetados por serviço da Compesa voltam a receber água nesta quinta-feira

>> Compesa vai investir mais de R$ 1,1 bilhão em 2021

"Uma análise técnica também é realizada na residência para verificar as condições necessárias para a instalação da caixa de água, que é de responsabilidade do morador. Com a comprovação da disponibilidade, a exemplo do local adequado para colocação do reservatório, a entrega será agendada. O cliente receberá a caixa, o kit para instalação e o termo de responsabilidade sobre o equipamento", informa a Compesa, através de nota.

Inscrição

Para se inscrever no programa e concorrer a uma das caixas d'água, o cliente deve encaminhar nome completo, endereço, telefone e matrícula para o e-mail caixadeaguasocial@compesa.com.br. Após essa etapa, uma entrevista com o usuário será agendada pela equipe social do órgão para que a sua inclusão no projeto seja efetivada. Para que isso ocorra, os clientes precisam ser beneficiários da Tarifa Social, ser abastecidos em esquema de rodízio e possuir baixa reservação no imóvel.

A presidente da Compesa, Manuela Marinho, ressalta a importância dessa iniciativa em um momento de escassez de água. "Nesse momento estamos intensificando os investimentos em ações para dar suporte aos sistemas de abastecimento da RMR até as chuvas de maio a junho, mas é preciso, ainda, garantir que as pessoas em situação de vulnerabilidade social consigam armazenar a água que receberão. Por isso, a importância do projeto Caixa d’Água Social, que conta com o apoio da iniciativa privada, e dá oportunidade às famílias com baixa reservação em casa, ou seja, aquelas que são carentes de reservatórios, de garantir o armazenamento de água até o próximo ciclo de abastecimento. A Compesa, mais do que nunca, está empenhada em ações para mitigar os efeitos da escassez de chuvas", ressalta.

Foto: Aluísio Moreira
Compesa está iniciando nova etapa de distribuição de caixas d'água neste mês de fevereiro - FOTO:Foto: Aluísio Moreira

Comentários

Últimas notícias