paralisação

Motoristas de aplicativos do Recife realizam paralisação na manhã desta segunda-feira (1º)

O objetivo do protesto é chamar a atenção das empresas Uber, 99 e Indriver para o reajuste de tarifas

JC
JC
Publicado em 01/03/2021 às 9:27
Notícia

DIVULGAÇÃO/AMAPE
Concentração de protesto está sendo feita em frente ao Classic Hall, em Olinda, no Grande Recife - FOTO: DIVULGAÇÃO/AMAPE
Leitura:

Mesmo debaixo de chuva, motoristas de aplicativos do Recife realizam uma paralisação na manhã desta segunda-feira (1º). A categoria iniciou o ato com concentração no Classic Hall, localizado em Olinda, no Grande Recife, às 7h. O objetivo do protesto é chamar a atenção das empresas Uber, 99 e Indriver para a necessidade de mudanças nas tarifas.

>> Covid-19: Pernambuco faz parceria com a Uber e garante transporte gratuito de idosos a postos de vacinação

"Estamos solicitando um reajuste de tarifas, porque ao invés delas aumentarem, só diminuíram. Não temos condições de trabalhar desse jeito, a gasolina está custando mais de R$ 5. Não temos como manter o curso operacional", declarou o presidente da Associação dos Motoristas e Motofretistas por Aplicativos de Pernambuco (AMAPE), Thiago Silva.

O protesto ocorre sem obstrução da via. De acordo com o presidente, por volta das 10h, os motoristas irão sair em carreata até a sede da Uber, em Santo Amaro, na Área Central do Recife e 99, no Poço da Panela, na Zona Norte da capital. Nos locais será entregue a pauta da categoria sobre o reajuste.

Novo aumento da gasolina

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (1º) um novo aumento nos preços da gasolina, do óleo diesel e do gás de botijão vendidos nas refinarias. A partir da terça (2), a gasolina ficará 4,8% mais cara, ou seja, R$ 0,12 por litro. Com isso, o combustível será vendido às distribuidoras por R$ 2,60 por litro.

O óleo diesel terá um aumento de 5%: R$ 0,13 por litro. Com o reajuste, o preço para as distribuidoras passará a ser de R$ 2,71 por litro a partir de amanhã.

Comentários

Últimas notícias