Templos religiosos

Com novo plano de convivência com a covid-19 em Pernambuco, igrejas reabrem em abril

As celebrações presenciais terão que obedecer a protocolos e horários pré-estabelecidos

JC
JC
Publicado em 25/03/2021 às 17:57
Notícia
TIÃO SIQUEIRA/JC Imagem
Igrejas e demais templos religiosos estão fechados desde 18 de março - FOTO: TIÃO SIQUEIRA/JC Imagem
Leitura:

atualizada às 19h33

Com o novo plano de convivência com a covid-19, que será colocado em prática a partir do dia 1º de abril, igrejas e demais templos religiosos poderão reabrir em Pernambuco. As celebrações presenciais terão que obedecer a protocolos e horários pré-estabelecidos.

Segundo o governo, os templos poderão reabrir das 5h às 20h durante a semana e das 5h às 17h nos finais de semana, com capacidade máxima de 30% ou com limite de 100 pessoas. 

A nova etapa de flexibilização de restrições após o fim da quarentena, marcado para 31 de março, foi anunciada pelo governador Paulo Câmara (PSB) nesta quinta-feira (25).

O Jornal do Commercio entrou em contato com a Arquidiocese de Olinda e Recife, que informou que deve se pronunciar a respeito do assunto nesta sexta-feira (26). 

O pastor José Marcos, da Igreja Batista em Coqueiral, no Recife, afirmou que, apesar da decisão do Governo Estadual, possivelmente os cultos no templo permanecerão de forma online. "A princípio, eu não vejo [a decisão] com bons olhos. Epidemiológicos e cientistas falam que, ainda em abril, poderemos ter números altos de mortes diárias. Acredito que essa decisão foi mais por pressão [...] Nós criamos um comitê na igreja, e os profissionais têm nos orientado a não abrir. A gente se pauta muito mais por outros dados do que os do governo permitir ou não permitir", afirmou. 

A Igreja Assembleia de Deus ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto, mas informou, por meio da assessoria de imprensa, que deve haver cultos presenciais pela manhã e online à noite. 

O governador comunicou ainda que já a partir do dia 1º será colocado em prática um novo plano de convivência com a pandemia da Covid-19, com regras válidas até o dia 25 de abril. “As atividades econômicas poderão reabrir das 10h às 20h nos dias de semana, e das 9h às 17h aos sábados, domingos e feriados. As praias voltarão a ter atividades físicas individuais permitidas, e a volta às aulas estará liberada a partir do próximo dia 5 de abril, para a rede privada e para o ensino médio da rede estadual”, detalhou Paulo Câmara.


Comentários

Últimas notícias