CENTRAL

Sirinhaém inaugura Central de Oportunidades de Pernambuco

A Central de Oportunidades de Pernambuco (COPE), em Sirinhaém, vai oferecer os serviços da Agência do Trabalho, do Expresso Empreendedor, da Agência do Empreendedorismo (AGE) e da Junta Comercial de Pernambuco (Jucepe)

Angela Fernanda Belfort
Angela Fernanda Belfort
Publicado em 02/05/2021 às 13:27
Notícia
Foto: Divulgação
O município de Sirinhaém passa a contar com uma Central de Oportunidades de Pernambuco (COPE) que vai oferecer serviços da agência do trabalho, Jucepe e outros - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

O município de Sirinhaém inaugurou a Central de Oportunidades de Pernambuco (COPE) que vai oferecer os serviços da Agência do Trabalho, do Expresso Empreendedor, da Agência do Empreendedorismo (AGE) e da Junta Comercial de Pernambuco (Jucepe). A prefeita do município, Camila Machado (PP), liderou o ato de inauguração que contou com a presença do presidente do Deputado Federal Eduardo da Fonte, deputados estaduais Cleiton Collins e Clovis Paiva, além do secretário estadual Alberes Lopes (Trabalho, Emprego e Qualificação). A participação remota do governador Paulo Câmara (PSB) se deu de forma on-line com vídeo.

>> "É preciso reabrir a economia para gerar trabalho e renda aos brasileiros", diz FHC

“A Central de Oportunidades é uma maneira de o Governo do Estado impulsionar e facilitar o acesso dos trabalhadores à recolocação profissional, à qualificação e ao crédito para investimentos em pequenos negócios. Parabenizamos toda a população do município pela chegada de um equipamento tão importante, que vai alavancar a economia da cidade e da região”, disse Paulo Câmara.

Segundo a prefeita, "a inauguração de nossa Central de Oportunidades no Dia do Trabalhador é simbólico para nós porque reforça nosso compromisso em cuidar dos nossos trabalhadores, preparando-os para os novos desafios do mercado, e ao mesmo tempo estimular o espírito empreendedor". Muitas vagas de trabalho foram fechadas devido à crise sanitária e econômica provocada pelo coronavírus. 

De acordo com o secretário de Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, a pandemia deflagrou uma crise séria de empregos e os prefeitos tiveram a sensibilidade de perceber isso, se mobilizando para ajudar os moradores, buscando soluções em conjunto com o Estado. “Em momentos de crise, o melhor que podemos fazer é juntar forças, somar as ideias e oferecer o que temos de melhor”, afirmou Lopes.

A COPE está localizada na Rua Marquês de Olinda, 160, no centro de Sirinhaém. A central está numa área de 165m² divididos entre copa, sala de reunião, banheiros masculino e feminino, salão principal, sala de TI e uma sala voltada para atividades de qualificação e capacitação profissional oferecidas pela administração pública ou pela iniciativa privada. O espaço funcionará de segunda a sexta das 8 às 16h.

PASSIRA

O governador Paulo Câmara comandou, neste sábado (01.05), solenidade online para marcar a inauguração do novo Centro de Vocação Tecnológica no município de Passira, no Agreste do Estado. O equipamento, que tem o intuito de fomentar a qualificação profissional e a geração de emprego e renda na região, foi instalado no local do antigo Centro de Confecção, Design e Artesanato de Passira, em uma parceria entre a Prefeitura e as secretarias estaduais de Trabalho, Emprego e Qualificação e de Desenvolvimento Econômico. Passira faz parte da rota das confecções e é conhecida pelas bordadeiras que fazem peças lindas à mão.

 “Essa é mais uma iniciativa que tem como objetivo capacitar as pessoas, investindo na melhoria da qualidade de vida do povo e na geração de emprego e renda. O caminho do conhecimento é o único capaz de trazer as melhores oportunidades. Acreditamos nisso e trabalhamos diariamente para dar ainda mais condições aos profissionais, que nos ajudam a tornar o nosso Estado mais competitivo”, afirmou Paulo Câmara.

 Após a inauguração, foram abertas inscrições para o curso de Costura Industrial, oferecido pelo Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções em Pernambuco (NTCPE). Com o objetivo de desenvolver tecnologia apropriada para o setor de confecção e têxtil e de formar mão de obra qualificada, serão compostas quatro turmas, com duração de 56 horas e grade curricular adaptada às atividades dos trabalhadores. Outros cursos estão sendo alinhados para funcionar na cidade, como o de Modelagem e Corte. “Estamos identificando as demandas de cada município para modalidades direcionadas. O diferencial é que nós criamos conteúdos adequados a cada região. Em Surubim, onde começamos as atividades, a capacitação será no setor de jeans”, explicou o presidente do NTCPE, Wamberto Barbosa. 



Comentários

Últimas notícias