PANDEMIA

Pernambuco registra 1.686 novos casos de coronavírus neste domingo (16)

Também foram confirmados 43 novos óbitos provocados pela covid-19 neste domingo (16). A média deste domingo foi maior do que a dos dois primeiros domingos deste mês

Angela Fernanda Belfort
Angela Fernanda Belfort
Publicado em 16/05/2021 às 20:05
Notícia
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Foram registrados 1686 novos casos de covid-19 neste domingo (16) em Pernambuco, segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

Foram registrados registrou 1.686 novos casos da covid-19 em Pernambuco neste domingo (16), segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde (SES). Também foram confirmados 43 novos óbitos. A quantidade de casos confirmados foi maior do que os registros que ocorreram nos dois primeiros domingos deste mês. Os números revelam uma alta de 31% no número de casos e uma queda de 17% nas mortes, comparando com os números registrados há 14 dias.

No primeiro domingo de maio, dia 02, foram 730 novos casos notificados e no segundo domingo, dia 09, foram contabilizados 893 novos casos. Geralmente, aos domingos a média de casos é um pouco mais baixa, porque alguns municípios deixam pra enviar os novos casos na segunda-feira, mas a última semana foi atípica devido as fortes chuvas que caíram, principalmente na Região Metropolitana do Recife e provocaram muitos alagamentos e transtornos. 

>> Covid-19: Pernambuco se aproxima da triste marca de 15 mil mortos e ultrapassa 440 mil infecções pelo novo coronavírus

Ainda entre os confirmados neste domingo, 104 (6%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.582 (94%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 442.363 casos confirmados da doença, sendo 42.595 graves e 399.768 leves. Esse total está distribuído por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Os 43 novos óbitos (27 masculinos e 16 femininos) que entraram no boletim deste domingo ocorreram entre os dias 1º de junho de 2020 e 15 de maio último. Ainda com relação aos óbitos, foram 20 mortes de pessoas residentes no Agreste, região que demandou mais leitos de UTI nas duas últimas semanas. Isso levou o governo do Estado a decretar restrições mais rígidas em várias cidades daquela região. Foram 13 mortos residentes nos municípios da RMR, que é muito mais populosa do que os 71 municípios do Agreste. 

As novas mortes divulgadas neste domingo são de pessoas residentes dos municípios de Afogados da Ingazeira (1), Araripina (1), Belo Jardim (3), Bom Jardim (1), Brejo da Madre de Deus (1), Camaragibe (1), Camocim de São Félix (1), Carpina (3), Caruaru (2), Chã de Alegria (1), Escada (1), Garanhuns (1), Goiana (1), Gravatá (2), Jaboatão dos Guararapes (5), Lagoa do Ouro (1), Lajedo (1), Orocó (1), Palmares (1), Poção (1), Recife (4), Riacho das Almas (1), Santa Cruz do Capibaribe (2), São Lourenço da Mata (1), Surubim (1), Timbaúba (1), Toritama (1) e Vitória de Santo Antão (2). Os pacientes tinham idades entre 23 e 88 anos e 30 deles tinham doenças preexistentes. Agora, o Estado registrou 14.949 mortes pela doença e 376.031 pacientes recuperados, incluindo 24.781 pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 351.250 pessoas que apresentaram casos leves.

BALANÇO

Pernambuco já aplicou 2.360.302 doses da vacina contra a covid-19, das quais 1.561.620 foram primeiras doses. Ao todo, foram feitas a primeira dose em 258.173 trabalhadores de saúde; 25.497 povos indígenas aldeados; 38.232 em comunidades quilombolas; 7.115 idosos em instituições de longa  permanência; 564.859 idosos de 60 a 69 anos; 391.676 idosos de 70 a 79 anos; 102.986 idosos de 80 a 84 anos; 89.225 idosos a partir de 85 anos; 1.305 pessoas com deficiência institucionalizadas; 6.899 trabalhadores das forças de segurança e salvamento; 64.771 pessoas com comorbidades; 1.756 pessoas com deficiência permanente; 9.126 gestantes e puérperas.

Em relação à segunda dose, já foram beneficiados 206.796 trabalhadores de saúde; 24.964 povos indígenas aldeados; 48 em comunidades quilombolas; 5.160 idosos institucionalizados; 180.164 idosos de 60 a 69 anos; 280.104 idosos de 70 a 79 anos; 46.648 idosos de 80 a 84 anos; 53.561 idosos a partir de 85 anos, 1.122 pessoas com deficiência institucionalizadas; 115 trabalhadores das forças de segurança e salvamento. Somente 798.682 pessoas  finalizaram o esquema.



 

 

Últimas notícias