Enterro

Criança de 2 anos morta a tiros na Cidade Universitária é sepultada no Recife

Extremamente abalados, alguns familiares precisaram deixar o local amparados

Douglas Hacknen
Douglas Hacknen
Publicado em 08/07/2021 às 18:45
Notícia
ALEX OLIVEIRA/TV JORNAL
O sepultamento ocorreu na tarde desta quinta-feira (8) - FOTO: ALEX OLIVEIRA/TV JORNAL
Leitura:

*Com informações da repórter Dyandhra Monteiro, da TV Jornal

Parentes e amigos estiveram no cemitério da Várzea, na Zona Oeste do Recife, para despedir-se da criança de dois anos morta a tiros na noite desta quarta-feira (7), na Cidade Universitária (CDU). O sepultamento ocorreu na tarde desta quinta-feira (8). Extremamente abalados, alguns familiares precisaram deixar o local amparados.

 

"A gente tinha um carinho muito grande pela menina. Ela até tinha começado a me chamar de avô. Está sendo muito difícil para nós, muito mesmo. Uma situação que a gente não esperava passar. Só Deus para nos dar o conforto", disse um parente do padrasto da criança, que não quis se identificar.

 

De acordo com testemunhas, a menina estava no colo do padrasto de 34 anos, quando homens armados se aproximaram e efetuaram vários disparos contra o rapaz. A criança foi baleada na cabeça e no abdômen e não resistiu aos ferimentos. O padrasto também foi atingido nas pernas, mas conseguiu escapar. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital da Restauração (HR), na área central do Recife, de onde já recebeu alta.

Uma prima da menina, que não quis se identificar, disse que a criança era muito querida e pediu justiça para que a polícia investigue o caso e chegue até os autores do crime. "Essa criança não merecia um negócio desses, ela tinha muito amor e carinho, não merecia isso", declarou aos prantos.

 

Comentários

Últimas notícias