ACIDENTE

Imóvel desaba na Estância, Zona Oeste do Recife

O Corpo de Bombeiros informou que não há vítimas

JC
Cadastrado por
JC
Publicado em 13/07/2021 às 18:34 | Atualizado em 13/07/2021 às 22:54
BETO DLC/JC IMAGEM
Desabamento de imóvel na Estância - FOTO: BETO DLC/JC IMAGEM
Leitura:

Um imóvel comercial desabou na Avenida Recife, na comunidade do Iraque, localizada na Estância, Zona Oeste do Recife, nesta terça-feira (13). Às 18h42, o Corpo de Bombeiros (CBM) informou que três equipes foram enviadas ao local, e não há vítimas. Uma faixa da avenida precisou ser interditada e o trânsito ficou complicado na área.

A construção, um primeiro andar, abrigava a empresa FilaFrios, que vende equipamentos para supermercados, frigoríficos, padarias, restaurantes e lanchonetes. 

O tenente-coronel do Corpo de Bombeiros, Anderson Barros, explicou em entrevista à Rádio Jornal que o desabamento foi parcial e que os funcionários do local tinham saído do serviço pouco tempo antes.

"Os bombeiros avaliaram o local e isolaram algumas áreas para avaliação da Defesa Civil. Então, essas áreas que estão dentro do perímetro de isolamento serão avaliadas para a entrada de novas equipes em uma condição mais segura. A população pode ficar tranquila, porque a área que existia risco já foi isolada", destacou.

BETO DLC/JC IMAGEM
Desabamento na Estância - BETO DLC/JC IMAGEM
BETO DLC/JC IMAGEM
Desabamento de imóvel na Estância - BETO DLC/JC IMAGEM
BETO DLC/JC IMAGEM
Desabamento de imóvel na Estância - BETO DLC/JC IMAGEM
REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS
Desabamento na Estância - REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS
BETO DLC/JC IMAGEM
ESTRAGOS Corpo de Bombeiros fez uma avaliação da situação - BETO DLC/JC IMAGEM

O tenente-coronel apelou aos moradores do entorno para que não fiquem perto dos escombros, gravando vídeos e fazendo fotos.

"É importante lembrar à população que em situações como essa, até para evitar novas vítimas, é imprescindível que as pessoas procurem um local seguro e liguem para os Bombeiros (192) o mais rápido possível. Não se aproximem do local para tentar gravar", pediu.

Comentários

Últimas notícias