CRIME

Duas pessoas são presas suspeitas de integrar rede de pedofilia em municípios do Agreste de Pernambuco

O grupo é investigado pela polícia desde março de 2021

Julianna Valença
Julianna Valença
Publicado em 23/07/2021 às 11:40
Notícia
Divulgação/Polícia Civil
A Polícia Civil de Pernambuco cumpriu dois mandados de prisões e seis de busca e apreensão em operação no Agreste pernambucano - FOTO: Divulgação/Polícia Civil
Leitura:

A Polícia Civil de Pernambuco cumpriu dois mandados de prisão e seis de busca e apreensão em operação contra uma rede de pedofilia nas cidades de Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe e Surubim, no Agreste de Pernambuco. A ação aconteceu na madrugada desta sexta-feira (23) e contou a atuação de cerca de 50 agentes. O grupo é investigado pela polícia desde março de 2021.


Segundo a polícia, a rede de pedofilia atuava nas práticas de estupro de vulnerável, favorecimento para exploração sexual e produção de pornografia, além de agenciamento de produção e armazenamento de material pornográfico e aliciamento de crianças.

Divulgação/Polícia Civil
Os mandados de prisão e busca e apreensão cumpridos foram expedidos pela Primeira Vara Criminal da Comarca de Caruaru - Divulgação/Polícia Civil
Divulgação/Polícia Civil
A rede de pedofilia é investigada pela polícia desde março de 2021 - Divulgação/Polícia Civil
Divulgação/Polícia Civil
A Polícia Civil de Pernambuco cumpriu dois mandados de prisão e seis de busca e apreensão em operação no Agreste pernambucano - Divulgação/Polícia Civil

Os mandados de prisão e busca e apreensão foram expedidos pela Primeira Vara Criminal da Comarca de Caruaru. As investigações foram assessoradas pela diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco.

Comentários

Últimas notícias