surpresa

Sem saber que estava grávida, mulher é socorrida para hospital com dores e dá à luz a bebê no Recife

Moradora do bairro da Várzea, na Zona Oeste da capital pernambucana, a mulher descobriu a gravidez quando já estava em trabalho de parto

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 30/07/2021 às 13:54
Notícia
ARQUIVO PESSOAL
José Luz da Conceição nasceu no Hospital Barão de Lucena, na última quarta-feira (28) - FOTO: ARQUIVO PESSOAL
Leitura:

Poderia ser roteiro de uma ficção, mas aconteceu no Recife, na última quarta-feira (28). Uma mulher moradora do bairro da Várzea, na Zona Oeste da capital pernambucana, que não não sabia que estava grávida, foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Caxangá com fortes dores, onde descobriu que já estava em trabalho de parto.

Simone Maria da Conceição, de 43 anos, mora de aluguel com o filho mais novo, de 15 anos. Fora o adolescente, ela possui outros três filhos, todos maiores de idade, que não residem com ela. "Eu havia parado de menstruar há algum tempo, mas pensei que era por causa da menopausa, então não procurei um médico. Cheguei a fazer dois testes de gravidez e ambos deram negativos", declarou.

De acordo com Simone, ela não teve sintomas comuns de uma gravidez, como enjoos, e não sentiu o bebê mexer. Além disso, não chegou a notar mudanças físicas consideráveis que a levassem apensar que estava grávida.

Na manhã da quarta-feira notou um sangramento e pensou em procurar alguma unidade de saúde apenas no outro dia. "Após ver o sangramento comecei a sentir dores, mas apenas tomei um remédio achando que ia passar. No entanto, ao decorrer do dia, elas começaram a aumentar e então fui levada para a UPA da Caxangá", disse a mulher.

 

Na unidade de saúde, Simone foi medicada com outro remédio para dor. Como elas não cessaram, ela foi examinada por um médico que constatou que a mulher estava em trabalho de parto. Logo, ela foi encaminhada para o Hospital Barão de Lucena. Às 23h20, no corredor do hospital - porque não havia dado tempo dela ser encaminhada para um quarto - José Luz da Conceição veio ao mundo pesando mais de três quilos. 

A mãe já teve alta médica da unidade de saúde, no entanto, o bebê permanece internado, porque ainda não conseguiu urinar.

 

Atendimento no Hospital Barão de Lucena

Por meio de nota, o Hospital Barão de Lucena informou que a mulher chegou ao hospital em trabalho de parto avançado e que logo foi assistida pela equipe multidisciplinar que estava de plantão. Ainda de acordo com a unidade de saúde, ela deu à luz quando passava pelo atendimento de triagem.

"É importante destacar que tanto a mãe quanto o bebê receberam toda a assistência necessária, passam bem e seguem internados em observação", disse parte do texto. 

O hospital informou que ela foi encaminhada para a unidade de saúde, porque o Barão de Lucena é referência em gestação de alto risco, além da paciente possuir comorbidades e ter relatado aos profissionais da unidade que não havia realizado acompanhamento pré-natal.

Doações

Para a mãe, a chegada da criança é composta por um misto de surpresa e preocupação. Isso porque ela está desempregada e sobrevive do auxílio emergencial e da realização de faxinas. "Quando alguém solicita, eu vou para ganhar algum dinheiro, mas não é com muita frequência. Normalmente, me chamam apenas uma vez por mês", desabafou.

Como o bebê não era esperado, o enxoval da criança não foi feito e itens de higiene para criança não foram comprados. Agora, sem ter como fazer as compras, só pode contar com a boa ação das pessoas em querer ajudá-los.

Interessados em contribuir com o conforto e bem-estar da mãe e da criança, podem contribuir com fraldas no tamanho M e G. Além disso, itens como lenços umedecidos, pomadas para assadura, fraldas de pano, sabonete para o bebê e roupas também podem ser doados. Como Simone perdeu muito sangue, frutas e verduras também são bem-vindas.

As doações dos materiais e alimentos podem ser feitas na organização não governamental Gris Espaço Solidário, localizado na Rua Diogo Barbosa Machado, 15, Várzea, Recife, onde a mulher é voluntária há três anos.

Contribuições financeiras podem ser feitas por meio dos contatos (81) 8649-6459, onde o doador pode entrar em contato com Simone e (81) 998231- 4011, onde poderá falar com Joice Paixão.

Comentários

Últimas notícias