violência

Homem vai até a casa da ex-esposa, atira em enteada e se mata em prédio no bairro dos Aflitos, na Zona Norte do Recife

Vítima foi encaminhada para o Hospital da Restauração (HR), no Derby, área central da capital pernambucana

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 11/08/2021 às 14:07
MICHAEL CARVALHO/TV JORNAL
Tentativa de homicídio ocorreu na Rua Desembargador Martins Pereira, no bairro dos Aflitos, na Zona Norte do Recife - FOTO: MICHAEL CARVALHO/TV JORNAL
Leitura:

Com informações de Michael Carvalho, da TV Jornal

Um homem de 41 anos baleou a ex-enteada de 17 anos e depois se matou em um apartamento localizado no bairro dos Aflitos, na Zona Norte do Recife, na manhã desta quarta-feira (11). De acordo com a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE), ele teria ido até a casa da ex-mulher, onde se envolveu em uma briga e efetuado quatro disparos. A vítima foi encaminhada para o Hospital da Restauração (HR), no Derby, área central da capital pernambucana.

Informações preliminares da PMPE afirmaram que o homem, que seria um músico paraibano, teria se conduzido até a casa da ex-mulher, que fica na Rua Desembargador Martins Pereira, por volta das 10h. A ex-companheira teria liberado a entrada dele até a porta do apartamento. Então, os dois teriam tido uma discussão, quando o homem teria arrombado a porta do cozinha e entrado no imóvel.

Ainda segundo a PMPE, pelo menos outras duas pessoas estariam dentro do imóvel: a ex-enteada do homem e o filho dele com a mulher, ambos adolescentes. O homem teria entrado em luta corporal com o filho e, após isso, efetuado quatro disparos. Um deles teria atingido a adolescente no ombro e outro a própria cabeça do homem, que morreu no apartamento. A mulher e o filho não ficaram feridos.

Testemunhas afirmaram que fazia pouco tempo que a mulher havia se mudado para o local e que homem não residia no imóvel. Ainda segundo populares, ela teria uma medida protetiva contra o ex-marido. Um vizinho, que não quis ser identificado, disse que ouviu os disparos.

"Eu tinha acordado fazia pouco tempo e iria começar as atividades do dia. Iria começar a trabalhar, quando ouvi alguém gritando 'não atira' em mim. Acredito que houve uma luta corporal e depois os disparos", contou.

Por meio de nota, a Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) afirmou que um revólver calibre 38, munições deflagradas e munições intactas foram encontrados no local. Peritos do Instituto de Criminalística (IC) estiveram no apartamento. O caso será investigado pela 2ª Delegacia de Polícia de Homicídios.

O corpo do homem foi recolhido e encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, na área central do Recife. A adolescente se encontra na sala vermelha do HR. Não se tem informações sobre o estado de saúde da vítima.

Comentários

Últimas notícias