Devolução

Alerta Celular: Polícia vai devolver aos donos quase 500 celulares roubados ou furtados

Aparelhos foram encontrados em abordagens policiais no Grande Recife

Douglas Hacknen
Douglas Hacknen
Publicado em 01/09/2021 às 21:44
Notícia
 Day Santos/JC IMAGEM
Coletiva de entrega de celulares recuperados - FOTO: Day Santos/JC IMAGEM
Leitura:

Nesta quarta-feira (1º), a Secretaria de Defesa Social (SDS-PE), em conjunto com as polícias Civil  e Militar, anunciou o início de um mutirão para devolver 489 telefones celulares recuperados de furtos e roubos na Região Metropolitana do Recife (RMR). A coletiva de imprensa foi realizada na sede operacional da Polícia Civil, na Rua da Aurora, área central da capital pernambucana.

No local, foi montado um cartório, com a presença de escrivão e delegados, para, caso necessário, complementar as informações dos boletins de ocorrência e avançar nos inquéritos, colaborando para a identificação e prisão de suspeitos.

Em 2019, a contadora Dilane Silva foi assaltada no bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife. Ela foi abordada por um homem de bicicleta que levou seu celular. Agora, quase dois anos depois do crime, Dilane contou que foi surpreendida com a notícia de que o aparelho foi localizado. A contadora foi uma das 50 pessoas chamadas pela polícia nessa quarta-feira para resgatar os aparelhos roubados ou furtados em Pernambuco. Todos eles foram encontrados em abordagens policiais.

"Eu não tinha esperança nenhuma, para mim, foi uma surpresa. Minha mãe achou até que era um trote. Agora, vi que realmente funciona", afirmou Dilane. 

Segundo o Governo do Estado, desde a criação do serviço, em 2017, mais de 37 mil aparelhos já foram devolvidos aos verdadeiros donos. O programa possui, em seu banco de dados, 570.226 telefones cadastrados.

O coordenador da ferramenta da SDS, tenente-coronel Jonas Moreno, reforçou a importância de ter o celular cadastrado na plataforma. "A partir deste cadastro, se você for vítima de um roubo ou furto, terá como resgatar os dados para registrar o Boletim de Ocorrência. Em uma abordagem policial, eles usam um aplicativo, de uso restrito das polícias, e consegue identificar se aquele celular é de uma determinada pessoa", disse.

O Alerta Celular ainda auxilia na redução dos furtos e roubos de aparelhos, explicou o secretário executivo da Secretaria de Defesa Social, Reinaldo de Souza. "Na medida que você ataca o comércio ilegal deste equipamento, ninguém que comprará um celular irregular se sentindo confortável, sabendo que aquele aparelho pode ser consultado no momento seguinte pela polícia e ser identificado como objeto furtado".

Além das devoluções aos verdadeiros donos, foram apresentadas estatísticas atualizadas de roubos e furtos de aparelhos no Estado e premiadas as unidades policiais que realizaram maior número de recuperação de telefones no segundo semestre de 2020 e no primeiro de 2021.

 Day Santos/JC IMAGEM
Coletiva de entrega de celulares recuperados - Day Santos/JC IMAGEM

Como cadastrar seu aparelho?

Ao acessar o site da SDS, clique no banner da ferramenta Alerta Celular. No formulário, o usuário precisa informar o IMEI (Identificador Internacional de Dispositivo Móvel), que é uma série de códigos numéricos que todo aparelho possui, com registro na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Esse número se obtém com uma consulta à nota fiscal ou à caixa do aparelho. Além disso, é facilmente encontrado usando o teclado do próprio celular: basta digitar *#06#, que o código aparecerá na tela (uma série de 15 dígitos).

 

 


Comentários

Últimas notícias