ACIDENTE

Reimplante do braço de adolescente acidentado em ônibus em Olinda não dá certo; ele segue em estado grave

Família do adolescente de 16 anos que teve o braço decepado após colocá-lo para fora em um ônibus em movimento também confirmou que o garoto segue inconsciente

Edilson Vieira
Edilson Vieira
Publicado em 26/09/2021 às 12:45
Notícia
DIEGO NIGRO/ACERVO JC IMAGEM
Garoto de 16 anos está internado no Hospital da Restauração, no Derby, área central do Recife - FOTO: DIEGO NIGRO/ACERVO JC IMAGEM
Leitura:

Everton Ferreira, pai do adolescente de 16 anos que teve o braço direito decepado na manhã da sexta-feira (24), após choque do membro com um poste, confirmou neste domingo (26) que o filho passou por cirurgia para reimplante do braço, mas ainda no sábado (25) o reimplante foi retirado, com perda do membro. "Não deu certo e os médicos tiveram que fazer uma nova cirurgia", afirmou o pai, ainda abalado.

Everton afirmou que o filho segue inconsciente e intubado no Hospital da Restauração, bairro do Derby, na área central do Recife. "Estamos esperando que ele reaja ao tratamento", disse Everton.

O procedimento de reimplante levou cerca de 6 horas, e envolveu a religação dos ossos, músculos e vasos sanguíneos. Os médicos haviam dado um prazo de 72 horas para avaliar o resultado da cirurgia.

CHOQUE

O acidente ocorreu próximo ao Convento Santa Tereza, no bairro do Varadouro, em Olinda, após o coletivo, que fazia a linha Pau Amarelo - Centro do Recife, e trafegava pela faixa exclusiva de ônibus, na Avenida Olinda, se aproximar da calçada onde havia um poste. O rapaz estava sentado na última cadeira e teria colocado o braço para fora, sendo atingido.

O motorista parou alguns metros depois para socorrer a vítima. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e levou o jovem até o HR. Tanto a Conorte como o Grande Recife lamentaram o ocorrido e informaram que estão acompanhando o caso.

Comentários

Últimas notícias