Violência

Homem é assassinado a tiros na Praia de Jaguaribe, em Itamaracá. Polícia suspeita de execução

Homem levou três tiros na cabeça e um no braço

Adriana Guarda
Adriana Guarda
Publicado em 31/10/2021 às 10:45
Welington Lima/ TV Jornal
Homem foi assassinado com quatro tiros na Praia de Jaguaribe, em Itamaracá, e chamou atenção da população e de visitantes - FOTO: Welington Lima/ TV Jornal
Leitura:

(Com informações da TV Jornal)

Um homem, sem identificação, foi assassinado na madrugada deste domingo, na Praia de Jaguaribe, em Itamaracá. O crime aconteceu por volta das 5h em plena faixa da praia. Segundo informações da Polícia Civil, a vítima foi assassinada com três disparos de revólver na cabeça e um no braço.

Welington Lima/ TV Jornal
Homem foi assassinado com quatro tiros na Praia de Jaguaribe, em Itamaracá, e chamou atenção da população e de visitantes - Welington Lima/ TV Jornal

Ainda de acordo com a Polícia, o homem estaria sozinho no local no momento do crime. Pelas características da abordagem, a polícia suspeita de execução. Os constantes episódios de violência em Itamaracá tem assustado moradores e visitantes. 

É o caso do artesão Luciano, que mora no Recife. Ele foi com a família para a praia mas não esperava encontrar a cena. Ele observa que falta policiamento na praia. 

Welington Lima/ TV Jornal
Homem foi assassinado com quatro tiros na Praia de Jaguaribe, em Itamaracá, e chamou atenção da população e de visitantes - Welington Lima/ TV Jornal

OUTROS CASOS

No dia 10 de Outubro, um duplo homicídio aconteceu na segunda travessa da Rua Rio Âmbar, também na ilha de Itamaracá. Um homem de trinta e seis anos foi assassinado com vários golpes de faca no tórax, nas costas e no pescoço. Ele foi encontrado em cima da cama onde dormia durante a madrugada.

De acordo com a polícia, a mulher dele de 56 anos ainda tentou fugir do local mas foi morta ao ser atingida por um pedaço de madeira na cabeça. O casal foi assassinado dentro da casa onde morava. A polícia ainda tem informações quanto a motivação e a autoria dos crimes.

Comentários

Últimas notícias