estado de saúde

Bebê recém-nascido encontrado dentro de sacola em Olinda está com infecção e segue internado

O bebê foi encontrado por um vendedor ambulante e levado para hospital nessa terça-feira (2)

Gabriel Inácio
Gabriel Inácio
Publicado em 03/11/2021 às 21:59
REPRODUÇÃO/TV JORNAL
O menino está no Hospital do Tricentenário, em Olinda - FOTO: REPRODUÇÃO/TV JORNAL
Leitura:

Com informações da TV Jornal

O recém-nascido encontrado dentro de um sacola em Olinda, Grande Recife, nessa terça-feira (2), teve diagnóstico de infecção e continua internado em um hospital da cidade.

Segundo a pediatra neonatologista Catarina Elisabeth, do Hospital do Tricentenário, para onde o bebê foi levado pelo vendedor ambulante que o encontrou, um hemograma acusou que o menino está com uma infecção que poder ser proveniente do parto ou porque a mãe não fez pré-natal.

"Normalmente, o tratamento dura dez dias. Ele já conseguiu sair do soro, está no bercinho aquecido e não está precisando mais de suporte respiratório", informou a pediatra.

O bebê está sendo alimentado com leite artificial. Ainda não há previsão de alta.

Abandonado no Sítio Histórico

O recém-nascido foi encontrado abandonado no Sítio Histórico de Olinda, nessa terça-feira (2). Um vendedor ambulante passava pelo cruzamento da Rua São Francisco com a Rua Bispo Coutinho quando avistou o bebê dentro de uma sacola plástica.

"Ele informou que é vendedor de água e disse que deixou o sobrinho na igreja com o isopor de bebida e desceu para pegar mais água, já que o movimento estava grande na missa. Quando desceu, avistou ao lado do muro do cemitério uma bolsa de plástico com uma flor de girassol e ouviu um choro de criança. Ele até pensou que estivesse ouvindo coisa, mas foi se aproximando, abriu a bolsa, viu um pano, levantou e viu o rostinho do bebê", relatou a conselheira tutelar de Olinda Claudia Moura.

O vendedor levou o menino, que ainda estava com o cordão umbilical, para o Hospital do Tricentenário, no Bairro Novo. Segundo a conselheira tutelar, várias mães que estavam no hospital fizeram doações de roupa. "Ele chegou sem nada, e cada um ajudou como conseguiu", disse.

Em relação aos próximos procedimentos, Claudia revelou que assim que o menino receber alta, ele será colocado em uma casa de passagem, onde aguardará por decisão judicial. 

A Delegacia de Paulista registrou o ocorrido como abandono de incapaz e um inquérito foi instaurado para investigar o caso. A polícia está tentando identificar os pais da criança. Imagens de uma câmera de segurança da Secretaria de Defesa Social (SDS) implantada próximo ao local onde o bebê foi encontrado estão sendo analisadas.

Comentários

Últimas notícias