INVESTIGAÇÃO

Polícia prende oito suspeitos de envolvimento em troca de tiros no Shopping Tacaruna

O assalto aconteceu no dia 27 de agosto e deixou duas pessoas feridas

Julianna Valença Adige Silva
Julianna Valença
Adige Silva
Publicado em 29/12/2021 às 16:11
Divulgação/PCPE
Delegada Morgana Alves e Delegado Paulo Berenguer - DPRF. - FOTO: Divulgação/PCPE
Leitura:

Na manhã dessa terça-feira (28), a Polícia Civil de Pernambuco cumpriu oito mandados de prisão temporária contra suspeitos de participarem de uma investida criminosa a uma empresa de transporte de valores no Shopping Tacaruna, Santo Amaro, área central do Recife. O crime aconteceu no dia 27 de agosto e resultou em uma troca de tiros que deixou duas pessoas feridas.

>> Tiroteios crescem no Grande Recife em novembro; Veja bairros mais violentos

Segundo a PCPE, os mandados foram expedidos pela 12ª Vara Criminal do Recife. Cerca de 30 agentes civis estiveram envolvidos na operação denominada "Tacaruna". As investigações buscaram identificar os suspeitos e desarticular uma organização responsável pela prática dos crimes de latrocínio, associação criminosa armada, porte ilegal de armas de fogo e munições de uso permitido e restrito, receptação de automóveis roubados e adulteração de sinais identificadores de veículos automotores.

Além dos suspeitos, a operação apreendeu seis armas de fogo, sendo cinco pistolas e um revólver calibre 28, além de mais de 100 munições dos calibres ponto 40, ponto 45 e 380. Três veículos também foram confiscados, dos modelos Palio, HB-20 e GM ônix.

“As investigações iniciaram após o roubo do carro-forte no fim do mês de agosto. Através de imagens de monitoramento e das diligências, além da ajuda dos peritos criminais e papiloscopistas, nós conseguimos identificar as pessoas que estavam envolvidas no crime”, relata o delegado Paulo Berenguer.

Nove pessoas são suspeitas de participação

Ainda de acordo com o delegado, acredita-se que, no total, nove pessoas estejam envolvidas na ação criminosa, sendo os mandantes do crime dois presidiários. “Quatro homens armados iniciaram a execução dentro shopping; outros três aguardavam do lado de fora em carros para dar apoio à fuga; e os outros dois são os autores intelectuais do crime e estão no presídio de Igarassu e Itaquitinga”, informou Paulo Berenguer.

Um dos autores intelectuais, identificado como “líder” da ação, havia sido preso anteriormente também por assaltos a carros-fortes e encontrava-se foragido. “Ele foi preso anos antes pela Delegacia de Roubo e Furtos, ele é um exímio assaltante, mas foi recapturado com as novas investigações", disse o delegado.

Até o momento, um dos homens continua foragido. “É uma questão de tempo até que seja feita a captura dele”, concluiu.

Relembre o caso

Uma troca de tiros entre integrantes de uma empresa de transporte de valores e assaltantes deixou dois feridos no Shopping Tacaruna, em Santo Amaro, área central do Recife, no dia 27 de agosto. De acordo com a administração do centro de compras, as duas pessoas foram prontamente atendidas e levadas ao hospital.

Na época do crime, a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS) disse que o caso seria investigado pela Força Tarefa Bancos, que reúne Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Científica, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e instituições financeiras.

Sobre o trabalho de prevenção a assaltos a bancos, a secretaria informou que "no acumulado do ano, houve uma redução de 18% nos crimes de roubos e furtos consumados a agências bancárias, caixas eletrônicos e carros-fortes no Estado. Em todo o ano de 2021, não havia ocorrido em Pernambuco, até então, caso de roubo a carro-forte. Em operações recentes, 8 suspeitos de assaltos a bancos foram presos. Outras operações estão em curso para desbaratar quadrilhas com esse tipo de atuação, grande parte delas com atuação em vários estados da federação", traz um trecho da nota.

Comentários

Últimas notícias