Olavo de Carvalho

Guru de Bolsonaro, Olavo de Carvalho pede por saída de Mandetta no Ministério da Saúde

Guru vem publicando mensagens contra o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta

Gabriela Carvalho
Gabriela Carvalho
Publicado em 05/04/2020 às 11:49
Notícia
REPRODUÇÃO/TV BRASIL
Questionado sobre o descumprimento do isolamento social de algumas pessoas, o Ministro da Saúde afirmou que a única coisa que pode fazer é recomendar a não aglomeração - FOTO: REPRODUÇÃO/TV BRASIL
Leitura:

O autoproclamado filósofo conhecido como "guru"do presidente Jair Bolsonaro, Olavo de Carvalho, que já alegou que a pandemia do coronavírus não existe, publicou em rede social pedindo a saída do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta do ministério. 

Olavo criticou o fato do ministro ter sido escolhido apenas por "puros" critérios técnicos e não por sua "fidelidade ideológica". 

>> Segundo Olavo de Carvalho, guru de Bolsonaro, pandemia de coronavírus não existe

>> 'Perder Mandetta seria um desastre para o Brasil', afirma João Doria

Olavo costuma opinar sobre as decisões do governo e já influenciou muitas delas. O núcleo olavista teve voz ativa nas quedas do - na época - ministro da Secretaria Geral da Presidência, Gustavo Bebianno e do ex-ministro da Secretaria de Governo, General Santos Cruz. 

>> Planalto tira Ministério da Saúde da linha de frente e anúncio sobre coronavírus tem novo formato

Após discursos do presidente Jair Bolsonaro, que apoiam o fim do isolamento social, muitos têm questionado se Luiz Henrique Mandetta, que costuma ir contra a opinião do presidente, permanecerá à frente do Ministério da Saúde.

As últimas pesquisas feitas indicam que o Ministério da Saúde, individualmente, tem uma avaliação melhor na gestão da crise do que o presidente Bolsonaro.

>> Mandetta e governadores já são maiores que Bolsonaro na crise do Covid19

>> Após Bolsonaro recomendar fim do isolamento por coronavírus, ministro da Saúde diz que só sai se for demitido

Bolsonaro têm se pronunciado contra às medidas de enfrentamento à doença adotadas pelo Ministério da Saúde. Sendo assim, acredita-se que Mandetta poderá ser substituído por Antonio Barra Torres, médico e atual presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Comentários

Últimas notícias