PROCEDIMENTO

Bolsonaro faz cirurgia para retirada de cálculo na bexiga nesta sexta (25), em São Paulo

De acordo com o boletim médico, o procedimento cirúrgico é minimamente invasivo; o presidente já deu entrada no Hospital Israelita Albert Einstein desde às 7h e a cirurgia está prevista para ter início às 10h30

Agência Brasil JC
Agência Brasil
JC
Publicado em 25/09/2020 às 9:26
Notícia

Marcelo Camargo/Agência Brasil
O presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia de posse do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, no Palácio do Planalto. - FOTO: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Leitura:

O presidente Jair Bolsonaro deu entrada nesta sexta-feira (25), às 7h, no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, para a retirada de um cálculo da bexiga. A cirurgia está prevista para começar às 10h30.

De acordo com o boletim médico encaminhado pela Secretaria Especial de Comunicação Social, o procedimento cirúrgico é minimamente invasivo, "denominado Cistolitotripsia endoscópica a laser sob anestesia". 

O boletim é assinado pelo cardiologista Leandro Echenique, pelo urologista Leonardo Lima Borges e pelo diretor-superintendente do hospital Miguel Cendoroglo.

Bolsonaro foi diagnosticado com cálculo no fim de agosto, após ser submetido a uma ultrassonografia no departamento médico do Palácio do Planalto.

Leia boletim médico na íntegra: 

Boletim Médico
São Paulo, 25 de setembro de 2020.

O Excelentíssimo Presidente da República Jair Bolsonaro deu entrada no Hospital Israelita Albert Einstein às 7h desta sexta-feira, dia 25. Nas próximas horas, ele passará por um procedimento cirúrgico minimamente invasivo para a retirada de cálculo da bexiga denominado Cistolitotripsia endoscópica a laser sob anestesia.

Dr. Leandro Echenique, cardiologista
Dr. Leonardo Lima Borges, urologista
Dr. Miguel Cendoroglo, Diretor-Superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein

Secretaria Especial de Comunicação Social
Ministério das Comunicações

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias