ELEIÇÕES 2020

Barroso confirma tentativa de ataque ao sistema do TSE neste domingo (15)

O presidente do TSE afirmou que os ataques foram devidamente neutralizados e que informações vazadas que circulam são de ataques antigos

Rostand Tiago
Rostand Tiago
Publicado em 15/11/2020 às 16:52
Notícia

NELSON JR./STF
O MINISTRO LUÍS ROBERTO BARROSO FALOU SOBRE ATAQUES E INFORMAÇÕES VAZADAS - FOTO: NELSON JR./STF
Leitura:

Em coletiva de imprensa, o ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral afirmou que houve tentativas de ataques aos sistemas do tribunal, mas que foram devidamente barrados. "Houve uma tentativa de ataque hoje, com um grande volume de tentativas de acessos simultâneos, totalmente neutralizado pelo TSE e pelas operadoras de telefonia, portanto sem repercussão no processo de votação", afirmou Barroso.

Na ocasião, ele também comentou sobre dados do TSE divulgados na imprensa neste domingo, creditados como fruto de um ataque recente aos sistemas. O site especializado Olhar Digital trouxe informações de uma vazamento exposto por um grupo de hackers autointitulado CyberTeam.

O grupo divulgou informações que provariam que o TSE permanece com suas vulnerabilidades, após ter anunciado um reforço de segurança, adotado após uma série de ataques ao Superior Tribunal de Justiça e domínios do Ministério da Justiça. O grupo diz que não tem relações com esses ataques anteriores, apenas quer provar as brechas de segurança.

Segundo Barroso, os dados vazados não são recentes e não têm poder sobre o funcionamento das eleições. "Nós estamos ainda apurando essa informação, mas não houve ataque bem sucedido no dia de hoje e nós temos muitas razões para supor que essas informações vazadas se referiam a ataques antigos. Não saberia ainda precisar de quando, mas certamente posteriores ao momento em que o TSE reforçou com a proximidade das eleições, seu sistemas de defesa", declarou.

Para o ministro, elementos como e-mails que apresentam o domínio ".gov", não utilizado mais pelos servidores, estarem presentes nesses dados é um forte indicativo de que não se trata de um ataque recente. Ele ainda ressaltou que as urnas já estavam carregadas e fora de rede, logo anulando o poder de qualquer ataque cibernético no decorrer das eleições.

CONFIRA A COLETIVA NA ÍNTEGRA

Seja um assinante JC.

Assine o JC com planos a partir de R$ 1,90 e tenha acesso ilimitado a todo o conteúdo do jc.com.br, à edição digital do JC Impresso e ao JC Clube, nosso clube de vantagens e descontos que conta com dezenas de parceiros.

Assine o JC

Comentários

Últimas notícias