Eleições 2020

Aumenta para 37 o número de presos ou conduzidos durante eleições no Brasil

Ao todo, dois inquéritos policiais foram instaurados e nove termos circunstanciados de ocorrência foram lavrados até o momento.

Agência Brasil
Agência Brasil
Publicado em 29/11/2020 às 14:25
Rovena Rosa/Agência Brasil
São Paulo - Panfletos dos candidatos das eleições municipais, conhecidos como santinhos, descartados na rua Humaitá, Bela Vista. - FOTO: Rovena Rosa/Agência Brasil
Leitura:

Trinta e sete pessoas foram presas ou conduzidas até as 13h deste domingo (29) de eleições. De acordo com balanço divulgado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, dois inquéritos policiais foram instaurados e nove termos circunstanciados de ocorrência foram lavrados até o momento. Mais de R$ 12 mil já foram apreendidos com cabos eleitorais, além de cinco veículos e de materiais usados para campanha.

Entre as 153 ocorrências já registradas por crime eleitoral em todo o País, 93 foram por desobediência a ordens da Justiça Eleitoral; 24 por desordem que prejudique os trabalhos eleitorais; 27 por boca de urna; cinco por compra de votos; e quatro por concentração de eleitores.


Três ocorrências de crimes comuns relacionados às eleições foram registradas: um caso de ameaça; um de furto e um de vias de fato (briga).

Nove incidentes de segurança pública e defesa social resultaram em ocorrências. Quatro delas por bloqueio de vias; três para atendimentos de urgência e emergência; uma por falta de energia e uma por manifestações.

Integrantes da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, do Ministério da Defesa, Tribunal Superior Eleitoral, representantes dos estados e de outros órgãos do governo federal têm acesso às ocorrências. A Operação Eleições 2020 conta com efetivo de 95.661 agentes e o apoio de 14.419 viaturas.

Últimas notícias