Rio de Janeiro

Juíza suspende investigação contra Felipe Neto por chamar Bolsonaro de 'genocida'

De acordo com a magistrada, tal apuração sequer poderia ter sido iniciada

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 18/03/2021 às 13:46
Notícia
Divulgação
Felipe Neto foi acusado de cometer crimes contra a segurança nacional após chamar o presidente Jair Bolsonaro de "genocida" - FOTO: Divulgação
Leitura:
A juíza Gisele Guida de Faria, da 38ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, determinou nesta quinta-feira, dia 18, a suspensão do inquérito policial contra o youtuber Felipe Neto, que foi intimado a depor na Polícia Civil nesta manhã por ter chamado o presidente Jair Bolsonaro de "genocida".
 
 
A magistrada viu "flagrante ilegalidade" na investigação, ressaltando que o delegado Pablo Dacosta Sartori, responsável pela abertura do procedimento, não teria atribuição para cuidar do caso. De acordo com a juíza, tal apuração sequer poderia ter sido iniciada.
 
Em sua conta no Instagram, o youtuber fez um post compartilhando a notícia e escreveu: "VITÓRIA!!! Justiça suspendeu a investigação! NÃO PASSARÃO!!!". 
 

Últimas notícias