PANDEMIA

Paulo Câmara e demais governadores recebem ofício do MPF cobrando resposta sobre ritmo de vacinação

Um levantamento feito a partir do vacinômetro da plataforma LocalizaSus aponta diferença entre o número de imunizantes produzidos e as doses aplicadas

JC Estadão Conteúdo
JC
Estadão Conteúdo
Publicado em 16/04/2021 às 16:09
DOUGLAS FAGNER/SEPLAG
Paulo Câmara está entre os governadores que rebateram Bolsonaro - FOTO: DOUGLAS FAGNER/SEPLAG
Leitura:

Todos os 27 governadores, incluindo na conta o de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), receberam ofícios do Ministério Público Federal (MPF) cobrando esclarecimentos sobre o ritmo de vacinação contra a covid-19. O prazo para resposta é de dez dias.

Os documentos foram encaminhados pelo Gabinete Integrado de Acompanhamento da Epidemia de Covid-19 (Giac) na quinta-feira, 15, com a chancela do procurador-geral da República Augusto Aras A força-tarefa identificou 'discrepância' no número de doses distribuídas pelo Ministério da Saúde e o total de vacinas efetivamente aplicadas.

Um levantamento do Giac, feito a partir do vacinômetro da plataforma LocalizaSus, aponta que, enquanto o governo federal contabiliza um total de 48.088.916 doses dos imunizantes produzidos pelo Instituto Butantã e pela Fundação Oswaldo Cruz enviadas aos Estados e ao Distrito Federal, apenas 32.160.509 vacinas foram aplicadas.

"As pautas de distribuição das vacinas às Unidades Federativas, elaboradas e divulgadas pelo Programa Nacional de Imunizações por meio de Informes Técnicos da Campanha, direcionam a quais públicos as doses devem ser destinadas", afirma o documento.

Como mostrou o Verifica, núcleo de checagens do Estadão, entre os fatores que contribuem para o descasamento dos números de doses distribuídas e aplicadas estão as reservas para segunda aplicação e o intervalo de tempo para entrega dos lotes nos postos de vacinação e para o registro de informações no sistema.

Vacinação em Pernambuco

No último dia nove de abril, o Estado de Pernambuco afirmou ter ultrapassado o quantitativo de um milhão de pernambucanos que receberam pelo menos a primeira dose de imunizante contra a covid-19. O anúncio foi feito, em pronunciamento, pelo governador Paulo Câmara. 

Na madrugada de hoje, Pernambuco recebeu 255.150 doses, sendo 102.400 da Coronavac/Butantan e 152.750 da Astrazeneca/Fiocruz. 

Com esse novo quantitativo, Pernambuco recebeu, ao todo, 2.276.080 doses dos imunizantes, sendo 1.742.360 da Coronavac/Butantan e 533.720 da Astrazeneca/Fiocruz.

Já estão sendo contemplados na campanha idosos a partir dos 60 anos de idade, idosos e pessoas com deficiência abrigados em instituições, população indígena aldeada, povos e comunidades quilombolas tradicionais, trabalhadores de saúde e trabalhadores de forças de segurança e salvamento.

Comentários

Últimas notícias