Eleições 2022

Retomada terá como base diálogo político, educação e meio ambiente, diz Eduardo Leite

Governador gaúcho lembra que o Brasil perdeu confiança e credibilidade por conta do excesso de gastos públicos, e para retomar esta confiança, vai ter que mostrar comprometimento com o equilíbrio fiscal, com privatizações e reformas

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 17/04/2021 às 21:47
Notícia
JOSÉ CRUZ/AGÊNCIA BRASIL
Eduardo Leite (PSDB), governador do Rio Grande do Sul - FOTO: JOSÉ CRUZ/AGÊNCIA BRASIL
Leitura:
O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), afirmou há pouco, durante o Brazil Conference at Harvard & MIT, que a retomada do crescimento no Brasil precisará ter como base a política, principalmente com respeito à opinião do outro, educação e meio ambiente.
 
"No Rio Grande do Sul, temos muito orgulho de ter feito reformas previdenciária e administrativa mais profundas que em outros Estados. Mas temos orgulho principalmente de como fizemos, com amplo diálogo com os sindicatos e a oposição. Política é sobre cicatrizar feridas, e o Brasil precisa cicatrizar feridas neste momento", afirma Leite.
 
 
 
 
 
O governo gaúcho lembra que o Brasil perdeu confiança e credibilidade por conta do excesso de gastos públicos, e para retomar esta confiança, vai ter que mostrar comprometimento com o equilíbrio fiscal, com privatizações e reformas.
 
Sobre educação, Leite afirma que o Brasil não está formando os jovens. "Temos um ensino muito fraco em matemática, que desenvolve o raciocínio lógico e é importante para a tecnologia, e também estamos muito mal em interpretação de textos".
 
O último ponto apontado por Leite é o meio ambiente. "Esse assunto é importante também para o desenvolvimento econômico, já que é uma preocupação de nossos principais parceiros internacionais". O governador do Rio Grande do Sul cita os últimos dados do Instituto de Pesquisas Espaciais (INPE), que mostraram um desmatamento recorde da Amazônia em março.

Últimas notícias