Depoimento

CPI da Covid aprova convocação de nove governadores para depoimentos sobre suspeitas de desvio de recursos

Na CPI da Covid, os senadores também aprovaram 15 requerimentos de informações

Cássio Oliveira
Cássio Oliveira
Publicado em 26/05/2021 às 12:38
Notícia
Edilson Rodrigues/Agência Senado
Presidente da CPI, Omar Aziz, e relator, Renan Calheiros: comissão deve votar mais de 200 requerimentos - FOTO: Edilson Rodrigues/Agência Senado
Leitura:

A CPI da Covid aprovou, nesta quarta-feira (26), a convocação de nove governadores para depor sobre suspeitas de desvio de recursos para o combate ao coronavírus em seus Estados.

Os Estados alvos são: Waldez Góes (PDT), do Amapá; Wilson Lima (PSC), do Amazonas; Helder Barbalho (MDB), do Pará; Wellington Dias (PT), do Piauí; Marcos Rocha (PSL), de Rondônia; Antonio Denarium (sem partido), de Roraima; Carlos Moisés (PSL), de Santa Catarina; e Mauro Carlesse (PSL), do Tocantins. O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), também foi convocado, mas nesse caso, a investigação foi deflagrada pelo Ministério Público do DF. O ex-governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel também foi convocado.

Os senadores também aprovaram a reconvocação do ex-ministro Eduardo Pazuello e do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Os senadores também aprovaram 15 requerimentos de informações. Os parlamentares querem acesso a dados mantidos pelos ministérios da Saúde, das Relações Exteriores e das Comunicações, além Secretaria-Geral da Presidência da República. Há ainda requerimentos de informações para Instituto Butantan, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Conselho Federal de Medicina (CFM), governos estaduais, prefeituras e as empresas Wuxi Biologicals e Sinovac.

Comentários

Últimas notícias