Dia da Independência

Ciro Gomes diz que maioria da população é contra golpe e pede vigilância

Ex-ministro publicou vídeo nas redes sociais, na manhã desta terça-feira, 7, repercutindo os atos pró-Bolsonaro marcados para este feriado de Independência.

Do jornal O Povo para a Rede Nordeste
Do jornal O Povo para a Rede Nordeste
Publicado em 07/09/2021 às 10:33
Notícia
Reprodução/Instagram
Ciro Gomes (PDT) - FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

Na esteira das manifestações marcadas para esta terça-feira, 7, feriado de Independência, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) publicou um pronunciamento de pouco mais de cinco minutos repercutindo os atos e o contexto de ameaça à democracia no qual estes ocorrem. O pedetista destaca que a maioria da população brasileira é contra qualquer tipo de golpe e pediu vigilância.

Segundo Ciro, a mensagem de liberdade deste 7 de setembro já foi firmada antes que amanhecesse o dia. “Isso aconteceu quando nossas instituições começaram a reagir ao desvario de um estupido tiranete. Aconteceu quando setores do agro, da indústria e dos serviços começaram a alertar que não apoiam o rompimento (democrático). Aconteceu quando vozes discretas, porém firmes, de dentro dos quartéis mandaram claras mensagens para aqueles que trocaram a farda por falsas benesses”, destaca.

E segue: “A mensagem de liberdade deste 7 de setembro aconteceu de forma plena e contundente porque a maioria da população está do lado da ordem e da democracia. Mesmo assim será preciso ação, destemor e vigilância”, disse, recomendando cautela com os “semeadores do caos”. “Com seu projeto naufragado eles querem naufragar de vez o país”.

Comentários

Últimas notícias