investigação

Randolfe inicia recolhimento de assinaturas para CPI do orçamento secreto

A medida acontece após o Supremo Tribunal Federal (STF) formar maioria para manter a decisão da ministra Rosa Weber que suspendeu os pagamentos do orçamento secreto

Estadão Conteúdo
Cadastrado por
Estadão Conteúdo
Publicado em 09/11/2021 às 19:40 | Atualizado em 09/11/2021 às 19:42
AGÊNCIA SENADO
PANDORA Líder da Oposição apresentou ao STF um pedido de abertura de investigação preliminar - FOTO: AGÊNCIA SENADO
Leitura:
O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) anunciou na noite desta terça-feira (9) que começou a recolher assinaturas para pedir abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigue os repasses de verbas por meio do orçamento secreto.
A medida acontece após o Supremo Tribunal Federal (STF) formar maioria para manter a decisão da ministra Rosa Weber que suspendeu os pagamentos via emenda de relator (RP-9), dispositivo utilizado no esquema de sustentação ao governo Jair Bolsonaro no Congresso, revelado pelo Estadão.
"ATENÇÃO! Começamos a reunir assinaturas para aprovar a criação da CPI do Orçamento Secreto (CPI do Bolsolão)!", escreveu Randolfe no Twitter. O parlamentar foi responsável pelo requerimento que resultou na abertura da CPI da Covid, que investigou no Senado omissões e ingerências do governo federal no enfrentamento à pandemia.
 

Últimas notícias