BANCADA ESTADUAL

Apenas um deputado de Pernambuco mudou de voto na PEC dos Precatórios. Saiba quem foi

Outros dois deputados que não haviam votado no primeiro turno apoiaram a PEC agora

Paulo Veras
Paulo Veras
Publicado em 09/11/2021 às 22:30
ANTÔNIO AUGUSTO/CÂMARA DOS DEPUTADOS
ESCOLHA Dinheiro pode ir para salários ou para emendas parlamentares - FOTO: ANTÔNIO AUGUSTO/CÂMARA DOS DEPUTADOS
Leitura:

Polêmica, a PEC dos Precatórios foi aprovada pela Câmara dos Deputados em segundo turno. O texto abre espaço no orçamento de 2022 para o pagamento do Auxílio Brasil, mas também para outros gastos, como emendas parlamentares. Em partidos de oposição onde muitos deputados votaram a favor do texto do governo no primeiro turno, houve um esforço para que os votos fossem modificados no segundo.

Na bancada de Pernambuco, porém, só um deputado votou diferente do que no primeiro turno. Trata-se de Wolney Queiroz, líder do PDT na Casa. Ele havia votado a favor da PEC antes, e se posicionou contrário agora.

O PDT viveu uma crise após a votação, com o presidenciável do partido, o ex-governador do Ceará Ciro Gomes, ameaçando retirar a candidatura por causa do posicionamento dos parlamentares da sigla.

Além disso, o pai de Wolney, José Queiroz (PDT), chegou a lamentar o voto do filho, em discurso na Assembleia Legislativa. Ele disse que o congressista havia votado a favor por pressão do partido, por ser líder, e também para garantir um acordo com sindicatos dos professores do Nordeste, que conseguiram garantir um pagamento antecipado dos precatórios.

Apoio tardio

Além do caso de Wolney, outros dois deputados pernambucanos que não haviam votado da primeira vez em que o tema chegou ao plenário, deram seu apoio a proposta nesta terça-feira (9). Trata-se de Fernando Filho (DEM) e de Ricardo Teobaldo (Podemos). Como eles não haviam votado da primeira vez, não é possível dizer que mudaram de posição.

Veja como votou a bancada de PE nas duas vezes em que a PEC foi colocada em votação:

  • André de Paula (PSD) - NÃO | NÃO
  • André Ferreira (PSC) - SIM | SIM
  • Augusto Coutinho (SD) - SIM | SIM
  • Carlos Veras (PT) - NÃO | NÃO
  • Daniel Coelho (Cid) - NÃO | NÃO
  • Danilo Cabral (PSB) - NÃO | NÃO
  • Eduardo da Fonte (PP) - SIM | SIM
  • Felipe Carreras (PSB) - não votou | não votou
  • Fernando Filho (DEM) - não votou | SIM
  • Fernando Monteiro (PP) - SIM | SIM
  • Fernando Rodolfo (PL) - NÃO | NÃO
  • Gonzaga Patriota (PSB) - NÃO | NÃO
  • Luciano Bivar (PSL) - não votou | não votou
  • Marília Arraes (PT) - NÃO | NÃO
  • Milton Coelho (PSB) - NÃO | NÃO
  • Ossesio Silva (Rep) - SIM | SIM
  • Pastor Eurico (Pat) - SIM | SIM
  • Raul Henry (MDB) - NÃO | NÃO
  • Renildo Calheiros - NÃO | NÃO
  • Ricardo Teobaldo (Pod) - não votou | SIM
  • Sebastião Oliveira (Ava) - SIM | SIM
  • Silvio Costa Filho (Rep) - SIM | SIM
  • Tadeu Alencar (PSB) - NÃO | NÃO
  • Túlio Gadêlha (PDT) - NÃO | NÃO
  • Wolney Queiroz (PDT) - SIM | NÃO

Comentários

Últimas notícias