Financiamento de campanha

Saiba como votou cada parlamentar de Pernambuco no ''fundão eleitoral'' de até R$ 5,7 bilhões

Somente quatro deputados e um senador de Pernambuco foram contrários ao fundão

Cássio Oliveira
Cássio Oliveira
Publicado em 17/12/2021 às 22:32
JEFFERSON RUDY/AGÊNCIA SENADO
Valor do fundo é quase o triplo do destinado nas eleições de 2018 e de 2020. Derrubada teve apoio de parlamentares governistas e de oposição - FOTO: JEFFERSON RUDY/AGÊNCIA SENADO
Leitura:

Em sessão do Congresso Nacional desta sexta-feira (17), deputados e senadores derrubaram o veto do presidente Jair Bolsonaro a um trecho da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), mantendo a previsão de R$ 5,7 bilhões em recursos públicos para o fundo eleitoral em 2022, o "fundão".

A aprovação do novo valor do fundo eleitoral foi respaldada por parlamentares da base e da oposição. Na Câmara, foram 317 votos a favor da derrubada e 146 contra. No Senado, foram 53 votos pela derrubada e 21 pela manutenção do veto. Durante a sessão, parlamentares afirmaram que, apesar da derrubada do veto, ainda não está definido qual será o valor do fundo eleitoral para 2022.

Isso porque cabe ao relator-geral do Orçamento estabelecer o valor dessa verba, e a votação da peça orçamentaria ainda não aconteceu - está prevista para a próxima semana. Ou seja, apesar da autorização para usar os R$ 5,7 bilhões, o recurso aplicado pode ser menor.

ARTES/JC
Fundo eleitoral - ARTES/JC

O Fundo Especial de Financiamento de Campanha, conhecido no Congresso como “fundão”, foi criado em 2017 e serve para bancar, com recursos públicos, campanhas eleitorais. Se realmente for de R$ 5,7 bilhões em 2022, o valor do fundão será quase o triplo dos cerca de R$ 2 bilhões empregados nas eleições de 2018 e de 2020.

Veja abaixo a lista de como cada deputado e senador de Pernambuco votou.

Deputados e senadores de PE que votaram a favor do fundão

Fernando Bezerra Coelho (MDB)

André de Paula (PSD)

Augusto Coutinho (SD)

Carlos Veras(PT)

Danilo Cabral (PSB)

Eduardo da Fonte (PP)

Fernando Coelho Filho (DEM)

Fernando Monteiro (PP)

Fernando Rodolfo (PL)

Luciano Bivar (PSL)

Marília Arraes (PT)

Milton Coelho (PSB)

Ossesio Silva (Republi)

Renildo Calheiros (PCdoB)

Sebastião Oliveira (Avante)

Silvio Costa Filho (Republi)

Tadeu Alencar (PSB)

Wolney Queiroz (PDT)

Deputados e senadores de PE que votaram contra o fundão

Humberto Costa (PT)

Daniel Coelho (Cidadania)

Pastor Eurico (Patriota)

Raul Henry (MDB)

Túlio Gadêlha (PDT)

Quem não votou?

Ao todo, quatro deputados e um senador de Pernambuco não votaram, segundo o portal do Congresso Nacional. São eles: André Ferreira (PSC), Felipe Carreras (PSB), Gonzaga Patriota (PSB), Ricardo Teobaldo (Podemos) e Jarbas Vasconcelos (MDB).

Comentários

Últimas notícias