COVID-19

Bolsonaro diz que Exército não exigiu vacinação e dispensa esclarecimento

Exército chegou a discutir os termos de um comunicado com esclarecimentos sobre uma diretriz editada com regras para retorno ao regime presencial

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo
Publicado em 09/01/2022 às 12:04
MARCOS CORREA/PR
Orientação de general bateu de frente com o discurso do presidente - FOTO: MARCOS CORREA/PR
Leitura:

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira (7) que o Comando do Exército não impôs a vacinação obrigatória aos militares para retorno das atividades presenciais e dispensou explicações públicas. Para o presidente, o Exército fez apenas uma recomendação.

Na véspera, a Força Terrestre chegou a discutir os termos de um esclarecimento sobre uma diretriz editada com regras para retorno ao regime presencial. Houve pressão política do Planalto e do Ministério da Defesa, mas a nota não chegou a ser publicada.

"Foi diretriz não do Exército, mas da Defesa, que dava dúvidas. Não houve exigência nenhuma. Se o Exército quiser esclarecer, tudo bem, mas está resolvido. É uma questão de interpretação", disse Bolsonaro. Nos bastidores da caserna, oficiais da cúpula verde-oliva trabalharam para contornar o episódio.

Comentários

Últimas notícias