CORRUPÇÃO

Conheça os pastores evangélicos aliados de Bolsonaro e que são alvo da PF

Os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura também são investigados pelo gabinete para liberar verbas dentro do MEC

Bruno Vinicius
Cadastrado por
Bruno Vinicius
Publicado em 22/06/2022 às 10:22 | Atualizado em 22/06/2022 às 10:27
DIVULGAÇÃO
PRESENÇA AMIGA Ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro esteve com pastor Gilmar Santos em inúmeras agendas - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

Com informações da Estadão Conteúdo

Após a investigação de atuação em um "gabinete paralelo" no Ministério da Educação (MEC), o ex-ministro da pasta Milton Ribeiro e dois pastores foram alvos de mandados de prisão em operação da Polícia Federal (PF). Os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura também são investigados pelo gabinete para liberar verbas dentro do MEC.

A operação da PF foi batizada de Acesso Pago e tem como objetivo o esclarecimento de uma suposta propina e a atuação informal dos pastores na liberação de recursos do Ministério da Educação. 

Uma investigação do jornal O Estado de S. Paulo indicou que Gilmar Santos e Arilton Moura estiveram mais de 100 vezes na sede e no prédio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) durante o governo Jair Bolsonaro.

Segundo o Estadão, chegaram a cobrar propina até em ouro para facilitar a liberação de recursos da educação para prefeitos. Além do gabinete do ministro, eles frequentaram a Secretaria Executiva do MEC, cujo titular era, na ocasião, o atual ministro Victor Godoy, a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, e a Assessoria de Comunicação Social.

Quem é o pastor Gilmar Santos?

Dirigente da Assembleia de Deus Ministério Cristo para Todos, o pastor Gilmar Santos, de 62 anos, tem uma trajetória religiosa de 38 anos. Casado com a também pastora Raimunda Santos (conhecida como Raimundinha), ele ficou conhecido por "fazer grandes milagres", de acordo com a sua biografia. Há relatos de conversão para a igreja de 1 mil pessoas em uma noite de culto com um público de 80 mil em São Luís do Maranhão.

De vertente neopentecostal, a igreja que ele dirige é conhecida por operar "milagres". Há relatos de fiéis que chegaram a "vomitar câncer e feitiçaria", de acordo com uma reportagem publicada pelo jornal Metrópoles, de Brasília. Hoje ele dirige a igreja localizada no bairro de Jardim América, em Goiânia, numa das principais vias da cidade.

O pastor tem um grande envolvimento com políticos ligados à igreja, como o deputado federal João Campos (Republicanos), de Goiás. Segundo investigações do Estadão e Folha de S. Paulo, o pastor tinha trânsito livre em Brasília, sendo um grande atuante no Distrito Federal.

Quem é o pastor Arilton Moura?

Já o pastor Arilton Moura não é tão atuante nas redes sociais. Ele tem uma longa trajetória política, ocupando diferentes cargos. De acordo com o Estadão, ele foi secretário extraordinário para Integração de Ações Comunitárias no governo Simão Jatene, no Pará, em 2018. Ele também foi presidente estadual do antigo PHS, hoje Podemos, no estado do Norte.

Comentários

Últimas notícias