SERÁ?

Colunista diz que Juliano Cazarré se recusa a tomar vacina e pode ser cortado de novela

Ator está escalado para a refilmagem de "Pantanal"

Romero Rafael
Romero Rafael
Publicado em 27/07/2021 às 20:46
Notícia
@CAZARRE/DIVULGAÇÃO
Juliano Cazarré, ator da TV Globo - FOTO: @CAZARRE/DIVULGAÇÃO
Leitura:

De acordo o jornalista Leo Dias, colunista do site Metrópoles, o ator Juliano Cazarré se recusou a tomar vacina contra a covid-19. Se ele não receber o imunizante, pode ser cortado da novela "Pantanal", da TV Globo, produção para a qual está escalado, para viver o peão Alcides.

LEIA TAMBÉM: Luisa Mell surge irreconhecível e desabafa: "Me abandonei"

Leo Dias diz que procurou Juliano Cazarré para comentar sobre a informação que recebeu de fontes, tanto pessoalmente quando através da assessoria de imprensa do ator, mas não responderam aos contatos.

A vacinação não é obrigatória, mas, por se tratar de pandemia e de saúde coletiva, a imunização compulsória em empresas é legal.

Recusa à vacina pode gerar demissão

Uma auxiliar de limpeza de um hospital em São Caetano do Sul (SP) foi demitida por justa causa após se recusar a tomar vacina contra a covid-19. A empregada ingressou com reclamação trabalhista, mas a decisão foi validada na 2ª Vara do Trabalho de São Caetano do Sul.

A juíza entendeu que a vacinação compulsória da empresa é legal em virtude da pandemia e o hospital ser local de grande risco de contaminação. Ainda de acordo com a magistrada, a trabalhadora poderia contagiar os outros trabalhadores e pacientes.

"A vacinação contra a covid-19 é medida de proteção coletiva. As empresas têm obrigação de garantir a saúde e o bem-estar dos empregados", escreveu. O STF considerou a covid como doença do trabalho.

"A recusa imotivada do empregado em se vacinar pode ser enquadrada como ato de indisciplina ou insubordinação, presente na CLT", defende o advogado trabalhista pernambucano Marcello Burle.

Ator se pronuncia

Pelo Instagram, Juliano Cazarré se pronunciou sobre o caso após a repercussão do caso. Nos Stories nesta quarta-feira, 28, o ator criticou os veículos de imprensa que divulgaram a informação.

LEIA TAMBÉM: Jojo Todynho fala sobre acidente de trânsito: "O carro só sai daqui quando a polícia chegar"

"A quantidade de gente que não abre um livro que preste, mas acredita em coluna de fofoca é impressionante. Pobre Brasil", escreveu o artista.

 

Comentários

Últimas notícias