JUSTIÇA

Xuxa abre novo processo contra Sikêra Jr após ter sido chamada de "pedófila"

Apresentadora pede R$ 500 mil de indenização, mas afirma que valor será doado para caridade

Samantha Oliveira
Samantha Oliveira
Publicado em 11/08/2021 às 7:42
Sikêra Jr associou Xuxa à pedofilia por conta do novo livro da apresentadora (Foto: Reprodução/RedeTV!/Record)
Sikêra Jr associou Xuxa à pedofilia por conta do novo livro da apresentadora (Foto: Reprodução/RedeTV!/Record)
Leitura:

A apresentadora Xuxa Meneghel entrou na Justiça novamente contra o comunicador Sikêra Jr, por meio de uma ação cível. Ela deu entrada em um processo penal no Tribunal de Justiça do Amazonas, como divulgou o Notícias da TV.

LEIA TAMBÉMGui Napolitano nega ser o pivô da separação de Tierry e Gabi Martins

Para a 11ª Vara Criminal, Xuxa se queixa da difamação feita por Sikêra Jr, onde ele a chamou de 'ex-rainha', 'pedófila', e a acusou de fazer apologia às drogas. O caso aconteceu em outubro de 2020, e a artista moveu a ação desde o dia 28 de julho deste ano.

No processo, a Rainha dos Baixinhos pede indenização de R$ 500 mil por parte de Sikêra Jr. O valor, ela afirma, será doado para instituições de caridade. "Abrimos mão de qualquer conciliação. O que se pede é que ele pare de fazer referência negativa sobre ela durante o programa (...). Não tem reparação de dano", argumenta o advogado de Xuxa, Ticiano Figueiredo.

LEIA TAMBÉM: Anitta responde alfinetada de Lary Bottino: "É só não se aproximar quando estiver precisando"

Comentários

Últimas notícias