CASO

Youtuber Raulzito é preso preventivamente após ser denunciado por abuso sexual infantil

O influenciador era famoso por fazer stream de Fortnite e apresentar o SBT Games

Ana Anjos
Ana Anjos
Publicado em 24/08/2021 às 14:07 | Atualizado em 24/08/2021 às 14:08
Reprodução/Instagram
Raulzito é preso temporariamente após denúncias - FOTO: Reprodução/Instagram
Leitura:

Denunciado por abusos sexuais contra crianças de 10 e 11 anos, entre os meses de fevereiro e metade de 2021, Raulzito, nome fictício de Raulino de Oliveira Maciel, teve a prisão preventiva decretada pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ).

A primeira acusação e denúncia foi com abusos acontecidos dentro da casa de uma das vítimas, em seguida, apareceram mais sete casos. Todos eles foram em diferentes estados: São Paulo, Paraíba e Santa Catarina. Anteriormente, a polícia já tinha pedido a prisão preventiva de Raulzito, no dia 27 de julho. Entretanto, quando chegou ao domicílio do youtuber, localizado em São Caetano do Sul, São Paulo, não o encontrou.

 

Somente depois de 14 horas de viagem, os agentes que estavam a sua busca encontraram o rapaz. Na época, em uma nota emitida pela polícia, eles afirmaram que nas duas primeiras denúncias foram tantos abusos que as mães não souberam detalhar de ordem cronológica.

No primeiro depoimento da mãe da vítima, ela afirmou que a esposa já tinha a alertado para não deixar seu filho a sós com o influenciador, porém não suspeitou de nada no primeiro momento, já que o rapaz "aparentava normalidade". Indiciado por estupro de vulnerável dentro do Brasil, a polícia também investiga abusos fora do país, nos Estados Unidos.

Raulzito possui 200 mil seguidores no seu Instagram, e era parte do time de talentos do SBT Games, que logo rescindiu o contrato e fez um comunicado: "O SBT informa que o youtuber Raulino de Oliveira Maciel, o 'Raulzito', não integra mais o quadro de streamers de SBT Games, do qual fez parte desde o início deste ano. Ele era produtor de conteúdo não exclusivo da plataforma, não tendo nesta condição direito algum em usar o nome da emissora em negociações fora das propriedades do SBT Games. O SBT aguarda a elucidação dos fatos e resultado da investigação, que resultou na prisão do youtuber na manhã desta terça-feira (27)".

Siga o Social1 no Instagram, Facebook, Twitter e TikTok.

Comentários

Últimas notícias