JUSTIÇA

Gusttavo Lima se pronuncia após se tornar alvo do Ministério Público por alto valor do cachê; entenda

O cantor foi denunciado após entrar em uma polêmica envolvendo casos de Justiça

Rakeche Nascimento
Rakeche Nascimento
Publicado em 26/05/2022 às 17:55
Divulgação
Gusttavo Lima passou por cirurgia em hospital - FOTO: Divulgação
Leitura:

Depois de entrar em mais um polêmica - dessa vez envolvendo a Justiça -, o cantor Gusttavo Lima resolveu falar sobre o ocorrido.

O Ministério Público de Roraima (MPRR), entrou com uma investigação contra o cantor por causa de sua contratação pela prefeitura de São Luiz. O motivo é o alto cachê do sertanejo, que possui um contrato firmado em março que se estende até dezembro.

Gusttavo Lima está com data marcada para se apresentar em São Luiz, o menor município de Roraima. Para isso, foi estipulado o valor de R$ 800 mil para o cantor.

Sendo na menor cidade do local, para que o pagamento fosse feito, constaria como se cada pessoa do local- incluindo crianças - estivesse pagando R$ 100 para o show.

Veja o que disse a nota da equipe do cantor

"O valor do cachê do artista é fixado obedecendo critérios internos, baseados no cenário nacional, tais como: logística (transporte aéreo, transporte rodoviário, etc.), tipo do evento (show privado ou público), bem como os custos e despesas operacionais da empresa para realização do show artístico, dentre outros fatores", declarou Cláudio Bessas, advogado do cantor, em nota.

"Portanto, qualquer ilegalidade cometida pelos entes públicos, seja na contratação de show artísticos ou qualquer outra forma de contração com o setor privado, deverá ser fiscalizada pelo Tribunal de Contas e se apurada qualquer ilegalidade, deverá ser encaminhada para a Justiça competente para julgar o ilícito eventualmente cometido", conclui a nota.

Comentários

Últimas notícias