ESTÉTICA

Cirurgias plásticas ligadas ao abdômen estão entre as mais procurados no mundo e Brasil é o país que mais realiza procedimentos; veja dados

Lipoaspiração e abdominoplastia ocupam segundo e quarto lugar na escala mundial de cirurgias plásticas

Lívia Maria
Lívia Maria
Publicado em 03/06/2022 às 9:04 | Atualizado em 03/06/2022 às 9:21
Freepik
Cuidados pós-cirúrgicos são importantes para garantir uma boa recuperação e os resultados desejados - FOTO: Freepik
Leitura:

Muitas pessoas estão constantemente buscando formas de eliminar peso e gordura localizada. Nessa busca, surgem muitas fórmulas e técnicas que prometem fazer milagres e trazer o resultado tão esperado.

Contudo, os especialistas afirmam que não existem fórmulas milagrosas; aliás, nem mesmo a alimentação e o exercício físico podem ser suficientes para eliminar todo o excesso.

Para a nutricionista Adriana Macedo, uma das soluções é combinar hábitos saudáveis com procedimentos estéticos. “O primeiro passo é cuidar da alimentação e do exercício físico, que podem ser combinados com cirurgia plástica para otimizar os resultados”, ressalta.

Alguns dos procedimentos mais indicados para solucionar as incômodas dobrinhas na barriga são as cirurgias abdominais, como a lipoaspiração e abdominoplastia.

De acordo com o diretor do Centro Nacional de Cirurgia Plástica Arnaldo Korn, a abdominoplastia é indicada para remover o excesso de pele e flacidez do abdômen, e a lipoaspiração serve para remover a gordura localizada.

“Na lipoaspiração, o excesso de depósitos de gordura do corpo é removido e há definição e remodelação dos contornos. Esse procedimento também é usado para tratar acúmulos de gordura em outras partes do corpo, como braços, pescoço, coxas, cintura, costas, peito, pernas etc.”, afirma.

Cirurgias mais procuradas em todo o mundo

Não é à toa que a lipoaspiração e a abdominoplastia estão entre as cirurgias mais populares em todo o mundo, de acordo com dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS). Conforme a pesquisa, as cirurgias mais procuradas são: implante de silicone, lipoaspiração, blefaroplastia, abdominoplastia e rinoplastia, respectivamente.

O Brasil é prova dessa procura de cirurgias e procedimentos estéticos, ocupando nada mais nada menos que o primeiro lugar no ranking de cirurgias plásticas em todo o mundo, ultrapassando os Estados Unidos e o México, que ocupam o segundo e terceiro lugares, respectivamente. Ademais, o Brasil, junto aos Estados Unidos, detém mais de 25% do total de cirurgiões plásticos no mundo.

Além desses fatores que fomentam a procura por procedimentos e da possibilidade de combinar cirurgias com alimentação e exercício físico para garantir o resultado esperado, outro fator que traz motivação é a facilidade que as pessoas encontram atualmente para efetuar os procedimentos.

Antes, para realizar uma cirurgia, era muito mais difícil e caro. Hoje é diferente. Korn explica que, “se houver dificuldade financeira para arcar com a cirurgia plástica, o paciente tem a opção de contar com uma assessoria administrativa e financeira”.

Além de conseguir condições especiais de pagamento, o paciente também assegura qualidade profissional, sem precisar recorrer a procedimentos mais baratos e, assim, garante que todo o processo aconteça de forma segura.

Comentários

Últimas notícias