A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (4), a criação do piso salarial de enfermeiros, técnicos de enfermagem e parteiras

Ler mais

O PL 2564/20, aprovado pelos deputados, define como salário mínimo inicial para os enfermeiros o valor de R$ 4.750, a ser pago nacionalmente pelos serviços de saúde públicos e privados

Ler mais

Os técnicos de enfermagem receberão 70% deste valor e os auxiliares de enfermagem e as parteiras, 50%

A votação foi acompanhada de perto por representantes da categoria, que estavam na Câmara dos Deputados

A proposta foi aprovada por 449 votos a 12. Os parlamentares do Partido Novo estão entre o grupo que votou contra

O segundo filho do presidente Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro, votou contra a proposta. O líder do Governo, Ricardo Barros (PP), e Kim Kataguiri (UB) também

Ler mais

A relatora da proposta, deputada Carmen Zanotto (Cidadania), disse que o piso só irá para sanção presidencial após a votação da PEC 122/15, do Senado

A PEC proíbe a União de criar despesas aos demais entes federativos sem prever a transferência de recursos para o custeio

Depois disso, o projeto de lei seguirá para sanção do presidente Jair Bolsonaro. Ele terá 15 dias úteis para sancionar ou vetar

Existe um temor que o projeto seja vetado por Bolsonaro. O motivo é a falta de dotação orçamentária. Em outras palavras, falta de recursos

Veja as principais notícias do dia no JC

IR PARA JC.COM.BR
>

Gostou do conteúdo?

ver mais webstories