Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

Edilson Silva explica adesão ao governo Paulo Câmara

jamildo
jamildo
Publicado em 12/05/2021 às 17:28
Foto: Roberto Soares
Foto: Roberto Soares
Leitura:

Edilson Silva, em artigo enviado por assessora ao blog

Antes crítico ao PSB, ex-deputado Edilson Silva nomeado para cargo comissionado por Paulo Câmara

O blog noticiou o fato de minha nomeação para assessoria especial na Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado, comandada pelo secretário José Bertotti. E colocou em relevo o também fato de minha atuação crítica ao governo do Estado quando fui deputado estadual, entre 2015 e 2019.

Aproveito o espaço aberto para este diálogo para recolocar a quem interessar e para o bem da melhor informação, que meu ingresso no PCdoB e consequentemente na base do governador Paulo Câmara se deu a partir de um diálogo honesto sobre as necessidades e urgências do povo do nosso Estado e do nosso país, diante de um governo federal abertamente adepto e propagador de teses e práticas de extrema direita e com viés fascista.

Lá em 2019, no início do governo Bolsonaro e de seus satélites pelo país, já estávamos convictos de que não haveria espaço nos próximos anos para fissuras e enfrentamentos no campo democrático e progressista, e que todos os verdadeiramente republicanos e iluministas até, deveriam atuar em frente social e política para dar conta de derrotar as monstruosidades que vieram e viriam à superfície com o advento do que se convencionou chamar de Bolsonarismo.

Ao longo deste processo, o governador de Pernambuco esteve do lado certo em absolutamente todos os enfrentamentos civilizatórios que foram colocados ao povo, constituindo com os demais governadores da região nordeste, a exemplo do governador do Maranhão, Flávio Dino, do PCdoB, uma verdadeira linha de primeira e robusta resistência contra o desmonte de nosso país, seja na defesa da distribuição justa de recursos federais, seja no combate ao desastre ambiental do derramamento de óleo em nossas praias, seja criando um consórcio de governadores nordestinos para enfrentarmos unidos o desmonte do nosso pacto federativo, ou seja na batalha contra a morte de nossa gente pela covid19 e a criminosa e genocida negligência do governo federal.

O debate sobre esta migração foi público, transparente e respeitoso com nossa gente e, principalmente, com aqueles que nos honraram com seus votos. Fui eleito deputado para fazer oposição. E o fiz, de forma corajosa, incansável, honesta e leal, limpa, inclusive com o próprio governo. Isso se soma a uma trajetória de candidaturas majoritárias inclusive, duas ao governo do Estado, onde sempre estivemos no campo da oposição. E a nossa posição hoje se torna coerente na medida em que fazemos política baseados nas demandas do povo e do processo civilizatório, e não de projetos políticos abstratos.

Aceitar o convite para compor a equipe do Secretário Bertotti está sendo mais que uma honra, mas um desafio, mais uma vez por conta do caos que está sendo construído conscientemente pelo ministro Salles, afinado com o ideário negacionista e ecocida do governo Bolsonaro na área ambiental. E nesta pauta o governo do Estado, através do trabalho desenvolvido pela equipe montada pelo secretário Bertotti, vem se destacando nacionalmente. Coordenamos aqui, por mérito, a Câmara Técnica do Meio Ambiente do Consórcio Nordeste, que potencializa toda a agenda ambiental na região, com impactos nacionais e internacionais. Coordenamos a partir da equipe da Semas, também por mérito, a Câmara Temática do Clima formada pela ABEMA - Associação Brasileira das Entidades de Meio Ambiente, que congrega as secretarias estaduais de todo o país. O trabalho desenvolvido aqui é reconhecido e se torna vanguarda no país.

Então, estamos - com os que me acompanham - não só bastante tranquilos com as coerentes opções que fizemos, mas também muito entusiasmados por poder participar de um projeto audacioso, necessário e urgente.


Edilson Silva apresenta-se como Assessor Especial na SEMAS e da Direção Estadual do PCdoB

Últimas notícias