Blog de Jamildo - Tudo sobre política e economia com informação exclusiva, análise e opinião
Blog de Jamildo

Política do Recife, Pernambuco e do Brasil. Informações exclusivas, bastidores e tudo que você precisa saber sobre o mundo político

NA EDUCAÇÃO

Enem 2021: Pernambuco tem 226 mil inscritos, menor número desde 2008

Ao todo, no Brasil, 4.004.764 pessoas estão inscritas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021, o menor número desde 2009 para o exame.

José Matheus Santos
José Matheus Santos
Publicado em 17/07/2021 às 13:20
Notícia
7/7/2016/Gabriel Jabur/Agência Brasília
Estudantes brasilienses concluem simulado do Enem Colégio Setor Oeste, Asa Sul, Brasília, DF, Brasil 7/7/2016 Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília. - FOTO: 7/7/2016/Gabriel Jabur/Agência Brasília
Leitura:

Pernambuco teve 226.817 inscritos para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2021, a terceira edição no governo Bolsonaro.

Os números de inscritos por estado foram divulgados nesta sexta-feira (16).

Do total de inscrições em Pernambuco, 223.817 escolheram a prova impressa, e 3.000 optaram pela prova digital.

O número é o menor para Pernambuco desde 2008, um ano antes da reformulação do Enem, que se tornou vestibular a partir de 2009.

Ao todo, no Brasil, 4.004.764 pessoas estão inscritas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021, o menor número desde 2009 para o exame. O número corresponde às inscrições para as duas versões do exame, impressa e digital.

As provas de 2021 serão a segunda em meio à pandemia de covid-19. No ano passado, foram 5,8 milhões de inscrições, quantidade mais alta que a de 2021.

A queda nas inscrições é reflexo, segundo especialistas, da ausência de uma política do governo Bolsonaro para garantir isenção a quem faltou na última edição por medo da covid. No Enem 2020, realizado em meio à pandemia, houve abstenção recorde e mais da metade dos 5,8 milhões de inscritos faltou.

Candidatos faltaram na última edição por estarem com medo de infecção, doentes ou com suspeita, além de casos de quem desistiu do exame por não se sentir preparado por conta da suspensão de aulas. Mas houve casos em que candidatos foram barrados de fazer a prova devido a salas superlotadas.

A confirmação do total de participantes em 2021, no entanto, ocorrerá, em definitivo, somente após o processamento do pagamento das taxas de inscrição, o que poderá reduzir ainda mais o índice.

A Guia de Recolhimento da União (GRU Cobrança), no valor de R$ 85, poderá ser paga pelos não isentos até a segunda-feira, 19 de julho.

Edição 2021

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) encerrou o período de inscrições às 23h59 da quarta-feira, 14 de julho. Foram registrados 3.903.664 inscritos para a versão impressa. Já a versão digital teve as 101.100 vagas ofertadas preenchidas. As duas modalidades de prova serão aplicadas nas mesmas datas. O Enem 2021 será realizado em 21 e 28 de novembro.

O Enem Digital será exclusivo para quem já concluiu o ensino médio ou está concluindo essa etapa em 2021. Assim, os participantes que desejam fazer o exame para fins de autoavaliação, como estudantes de 1º e 2º anos de ensino médio — os chamados “treineiros” — puderam optar pela versão impressa. Como preveem os editais, os interessados tiveram de indicar o estado e o município onde desejam realizar as provas.

Para acompanhar a situação da inscrição na Página do Participante, é necessário fazer o acesso com o login. Na mesma página, os inscritos podem acompanhar o andamento das solicitações feitas, bem como entrar com possíveis recursos. Caso o participante não lembre a senha, é possível recuperá-la acessando o sistema do Governo Federal e informando o número do CPF, seguido das instruções que forem apresentadas.

As duas modalidades do Enem 2021, impressa e digital, serão aplicadas nos mesmos dias, 21 e 28 de novembro. Ambas as versões terão as mesmas provas, com itens iguais e mesmo tema de redação.

Comentários

Últimas notícias